19 outubro 2015

Wishlist: produtos temáticos


O post da vez é sobre acessórios e outros produtos relacionados à literatura, séries e filmes que estou desejando faz algum tempinho. Como prometi à mim mesma não comprar mais livros (exceto os acadêmicos) até ano que vem, preciso me contentar com outros produtos relacionados ao tema e outros assuntos que me interessam. Espero que gostem de embarcar nessa jornada consumista junto comigo. haha 



Colar Jogos Vorazes. Link
 Colar Moeda Pequeno Príncipe. Link
                      Pen drive R2D2. Link

A loja on-line Pai Bárbaro traz diversos acessórios relacionados à literatura, filmes e séries. Já comprei dois produtos de lá e gostei bastante da qualidade deles e da entrega. O melhor é o frete fixo barato da loja, que é bem difícil de encontrar em lojas de produtos como esses, ainda mais pro Norte, onde o frete quase sempre é muito caro. 



 Camiseta Camões. Link   - Camiseta Shakespeare. Link


Camiseta Florbela Espanca. Link  - Caneca Drummond-se. Link

A loja on-line Poeme-se traz diversos produtos relacionados à Literatura mais especificamente à poesia e é um amor de loja por conter tantos produtos lindos, me apaixonei pelas artes nas camisetas e Posters! Nunca comprei lá, mas pretendo.


              

 Camiseta Strange Time. Link - Camiseta Machado de Assis. Link

              

Camiseta O Estranho Mundo de Tim. Link - Camiseta Edward Scisshorhands. Link

A Chico Rei talvez seja a mais conhecida de vocês. Outra loja on-line com produtos de temáticas variadas onde já comprei e quero comprar muito mais vezes! O produto é de ótima qualidade (comprei duas camisetas lá), o frete é grátis a partir de um determinado valor e a entrega é super rápida. Além da compra, você ainda ganha cupom de desconto e a loja é super atenciosa com os clientes também.

***
Gostaram dos produtos? Já compraram em alguma dessas lojas? Quando realizar as compras desejadas venho aqui e post na tag Novas Aquisições <3 nbsp="" p="">



P.S: Esse post não recebeu nenhum tipo de 'incentivo' das lojas referidas para publicação e citação de seus nomes e produtos. 

15 outubro 2015

Resenha - A Guerra dos FAE: Luz e Trevas


Título: Luz e Trevas. Guerra dos FAE #3 
Original: Darkness & Light (War of the Fae #3) 
Autor(a): Elle Casey 
Editora: Geração Editorial Sinopse: Luz e Trevas - Jayne Sparks está mais destemida, engraçada e rebelde do que nunca, tendo que enfrentar os problemas causados acidentalmente pelo duende Tim, aprender a manipular melhor seus poderes com O Verde, conhecer traições de um grande amigo e descobrir quais são os motivos secretos pelos quais há uma guerra incessante entre Faes das Trevas e Faes da Luz. Seus poderes podem torná-la vulnerável às manipulações dos Fae das Trevas, e ela poderá torna-se prisioneira de forças inimigas. Mas sua astúcia sempre estará lá.

O terceiro livro de Guerra dos FAE chegou há um bom tempo pra mim, vindo de cortesia ainda da editora Geração, infelizmente não pude concluir a leitura antes do término da parceria. Mas ao conseguir tempo e disposição pra leitura, não me arrependi.

Jayne Sparks livra seu melhor amigo, Tony, das 'garras' de Ben, o Fae das Trevas que o quis levar para seu lado. E ao voltar ao 'comando' dos Fae da Luz, ela e seus amigos voltam a treinar para a guerra que está cada vez mais iminente. Ao longo dos treinos, a garota descobre mais poderes e ao lado de Tim (um pixiel muito louco) e seus outros amigos Fae, incluindo Tony, evolui ainda mais como Fae. Porém, os Fae das Trevas continuam planejando a guerra contra os Fae da Luz e Jayne se torna alvo deles, sendo uma Fae elemental (um Fae que tem poder sobre todos os elementos básicos da Terra, algo raro nos dias atuais).

Jayne continua muito rebelde e sem 'papas na língua' quando é confrontada, criticada ou quando não sabe do que está falando. Sim, Jayne está mais poderosa na continuação dessa série, mas continua um tanto infantil e 'sem noção' algumas vezes. O que não deixa a história totalmente desinteressante assim.

Confesso que a leitura no começo foi bem arrastada por conta de descrições para situar o leitor na série, o que me desagradou porque não fazia muito tempo que tinha lido o segundo livro e as cenas com Jayne apenas treinando e descobrindo novos poderes não chama tanta atenção assim. Mas ao chegar no meio da narrativa, é onde a ação retorna à trama e faz a leitura ficar mais instigante. 

A relação entre Jayne e Spike aflora, Tim continua sendo um pixiel muito engraçado e misterioso e Tony demonstra-se bem enturmado entre os Fae da Luz, obtendo um cargo importante entre eles e ficando cada vez mais forte. 

O livro não só retrata relações pessoais, mas também traz o questionamento sobre os Fae da Luz e os das Trevas, finalmente esclarecendo essa divisão e tirando pensamentos um tanto óbvios sobre o que poderia ter motivado essa divisão entre os seres Fae. A narrativa em primeira pessoa, feita por Jayne, faz com que os leitores continuem não sabendo de tudo o que está acontecendo, assim como a personagem vamos descobrindo aos poucos respostas para algumas perguntas, um artificio que a autora soube utilizar bem. 

O final deixa mais uma vez um suspense para o próximo volume e provavelmente ultimo, lançado aqui no Brasil. Fiquei muito ansiosa para a próxima leitura e como Elle Casey irá escrever o desfecho das aventuras de Jayne e seus amigos. 

14 outubro 2015

Sobre a falta do querer


Querendo ser totalmente sincera comigo mesma procuro não escrever nem postar nada no blog nesses últimos tempos. O motivo? Simplesmente por não querer. A vontade de postar, de responder comentários, de visitar novos e antigos blogs não está presente no momento. E é muito difícil admitir isso. Principalmente porque sempre me orgulhei desse espaço, que foi e é somente meu. Um espaço em que me sinto *mais ou menos* livre para exercer parte da minha criatividade, expressar parte dos meus sentimentos e alguns momentos da minha vida. 
Existem outras coisas para a qual se dedicar no momento e ao pensar nas horas ou apenas minutos passados em frente ao computador de dedicação ao blog quando tenho deveres à cumprir, não é difícil escolher o que fazer. 
É um sinal de amadurecimento, mudanças, etc? Não. Pelo menos eu não considero assim. Porque toda vez que assisto, de vez em quando, um vídeo de blogueiras dedicadas totalmente às suas mídias, eu sinto aquela invejinha branca, mesmo que por um breve momento, de não poder fazer o mesmo. Não poder se dedicar mais tanto ao blog *ou não querer* não é sinal de amadurecimento, blog não é e nunca foi coisa de criança. Não mudei de opinião quanto à mantê-lo "ativo" enquanto eu puder, então meu amor por ele não mudou. Mas os deveres mudaram, a rotina também, os desgastes visuais, físicos e emocionais se intensificaram e acho normal não estar mais tão presente por aqui. 
Já vi isso acontecer em tantos blogs que sempre amei visitar e de vez em quando já me afastei outras vezes daqui, mas antes foi apenas por falta de oportunidades (algum problema com internet, computador, tempo etc). Hoje é apenas por falta do desejo de estar presente aqui. 
Espero muito não perder totalmente a vontade de voltar ao blog, porque eu sei o quanto tudo isso aqui é lindo e mágico para quem se dedica realmente, para quem ama ser blogueira. Não quero perder tal preciosidade.
Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo