15 setembro 2015

Autossuficiente


Eu queria te escrever o quanto eu sinto por ter errado tanto algumas vezes. E o quanto me sinto arrependida por todas as baboseiras que dei trela e que te irritaram. Eu queria te dizer que nada disso é intencional e que você é uma das poucas coisas certas que aconteceram comigo durante minha vida. Mas antes de tudo, eu preciso me perdoar. Eu preciso me olhar novamente, sem você, sem ninguém ao meu lado sem desmoronar. Porque é esse pensamento que me ronda sempre, eu desmoronar sem aqueles que eu amo ao meu lado, mesmo sabendo que um dia eles não vão estar. Eu preciso de auto suficiência e aprender a me virar sozinha. Não me entenda mal, eu preciso do seu amor e da sua companhia. Mas eu preciso, principalmente, parar de rejeitar a minha. O medo irracional de ser rejeitada por alguma coisa que falei, que fiz ou que pensei, me afoga cada vez que acho estar fazendo alguma besteira. E isso é constante. Eu preciso me perdoar, me fazer confiável para mim mesma novamente, assim como eu era antes de todos os erros escandalosos que cometi alguns anos atrás. Eu recebi o perdão alheio, mas não recebi o meu próprio. E não quero me tornar alguém que odeio. 

11 comentários:

  1. Oi
    Bem sincero seu texto, que deixa a impressão da necessidade de existir como individuo independente, suas lindas muito bem escritas, e falaram de uma maneira especial comigo. Estimo sinceramente que consiga tudo aquilo que almeja.
    LP
    quatroselos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo, mas triste ao mesmo tempo =/
    Espero que você esteja bem

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    adorei seu blog, se parece muito com o meu.

    Sobre o texto, você escreve muito bem, e esse lance de desmoronar longe das pessoas que nos fazem bem, acho que todos temos esse medo.

    Visitarei mais vezes!
    beiijos
    http://www.portiprati.com/

    ResponderExcluir
  4. Que lindo texto, tão profundo e significativo. Realmente, de nada adianta quando não nos redimimos com nós mesmos. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  5. Cara, esse post falou demais comigo. Não sei se é porque eu também cometi erros ESCANDALOSOS alguns anos atrás, ou se porque eu sempre coloco meu individualismo acima de tudo, mas eu realmente adorei o texto.

    ResponderExcluir
  6. Oie Jen =)

    Já disse que seus textos são maravilhosos?
    Todo mundo erra e de uns tempos para cá venho percebendo que a pessoa com que mais erro é comigo mesma. Essa fase de perdoa a si mesmo, antes de perdoar aos outros tem sido uma constante na minha vida, por que sempre venho sempre cometendo erros graves comigo...
    Uma hora aprendo =/

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?

    Adorei seu blog, é bem contemporâneo e você escreve muito bem!

    http://blogmemoriies.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Jen, do céu !
    Que texto foi esse?
    Eu acho que preciso um pouco da autossuficiência, de me perdoar, de aprender a lidar comigo em certos pontos... Adorei, serio, me vi em diversos pontos ^^ lindo lindo!
    vou escrever um textinho aqui tb :3
    aai ai ,e leia leia leia ADQS quando puder hehehe
    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Jen,
    Que texto lindo.
    Reflete bem meus pensamentos, sobre iniciar qualquer relacionamento.
    Não sei se estou bem comigo, ainda, para deixar uma pessoa 'invadir' minha vida, sem desmerecê-la. Na verdade, erro muito, fazendo isso com quem não merece...mas a gente segue aprendendo né. Cada dia mais paciência e sabedoria =D

    P.S.: Pois é gema, acredite! Ainda não li JV. O ruim é achar alguém aqui para emprestar. Aqui onde moro as pessoas não tem muito hábito de leitura. É difícil até pra doar.
    Não conseguiria doar livro sem ler haha você é corajosa.

    bjs e tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  10. Que lindo texto, moça. E eu me identifico com ele de uma forma inesperada. Se perdoar é tão difícil. Ainda mais pra quem se cobra muito.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Jen. Tudo bem?
    Espero que nos presenteia com mais textos como este. Sabe quando você se encontra nas palavras de outra pessoa? Foi isso que aconteceu comigo, ao iniciar a leitura de autossuficiente.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo