24 julho 2015

Resenha - Recomeço


Título: Recomeçar
Original: Revived
Autor(a): Cat Patrick
Editora: Intrínseca
Sinopse: Tudo começou com um acidente de ônibus. Daisy Appleby era pequena demais para lembrar — tem apenas flashes do acidente que a matou, e de ter sido trazida de volta à vida. A partir daquele momento, ela se tornou uma das catorze crianças que fazem parte de um programa secreto do governo que visa aprovar um novo medicamento: o Recomeço.
Daisy já morreu algumas vezes, e a cada morte ela recebe um novo sobrenome, vai para uma nova cidade e ganha uma nova história. A única constante em sua vida é a própria inconstância. Ao conhecer Matt e Audrey, seus primeiros amigos de verdade, após sua quinta morte, ela tenta criar raízes em mais um lar e começa a descobrir segredos sobre o programa Recomeço. Quanto mais informações vêm à tona, mais Daisy percebe que não passa de um peão em um jogo sinistro, que pode revelar que seu mundo — e tudo no ela que acredita — é uma grande mentira.

Quando soube do lançamento da autora Cat Patrick, de Deslembrança, me interessei de imediato. Gostei muito da leitura do primeiro livro de Cat e tinha quase cem por cento de certeza que não iria me decepcionar com seu segundo livro. Foi exatamente isso e mais, não só não me decepcionei como me surpreendi positivamente com esta leitura.

Daisy acaba de morrer por picadas de abelhas em sua atual escola. Porém, ela é revivida através do medicamento chamado Recomeço e isso já ocorreu quatro vezes antes desta ultima morte, desde quando sofreu o acidente no ônibus da escola onde estudava quando menor. Daisy faz parte deste programa ultrassecreto do governo junto com Mason e Cassie, agentes que fingem serem seus pais e Megan, sua melhor amiga e também uma das crianças do ônibus. Eles mudam de cidade a cada morte de Daisy e a menina, agora com 15 anos, sempre se adapta bem, não estreitando laços de amizade na nova cidade onde fica. Porém, ao chegar a Omaha, Daisy conhece Audrey e torna-se sua amiga rapidamente. Ao mesmo tempo em que também conhece Matt, coincidentemente irmão de Audrey, e assim a vida de Daisy muda ao desejar os dois por perto, principalmente Matt.

Mas Daisy esconde sua vida secreta dos amigos e ao saber do câncer de Audrey, sente-se culpada por ter em mãos um medicamento que revive pessoas, mas que não pode ajudar sua então melhor amiga. Ao contar a Matt sobre todos os seus segredos, Daisy descobre também um segredo do projeto em que faz parte, fazendo-a duvidar das boas intenções que o programa diz ter sobre os pacientes que ajudaram no acidente do ônibus.

Recomeço me surpreendeu tanto que me encontro com dificuldades ao escrever esta resenha e colocar na tela da postagem o quanto esse livro foi bom, o quanto me prendeu do começo ao fim e o quanto mexeu comigo enquanto o lia. Cat Patrick conseguiu escrever mais uma história que me prende e que não deixa ‘fios soltos’ ao final, fazendo com o que o leitor se sinta satisfeito ao final da história, mesmo desejando mais dela. Pelo menos foi assim que me senti ao término desse livro.
Daisy é uma adolescente um tanto madura pra sua idade, mas ainda assim toma atitudes que acho condizentes ao seu tempo, que tramita entre a infância e vida adulta. Os personagens cativam, Audrey e Matt são irmãos que eu gostaria de ter como amigos, e Mason, mesmo sendo frio algumas vezes, também gostaria de ter por perto, Megan fazendo parte do mesmo projeto da garota, se faz como uma confidente divertida e confiável.

O romance entre Daisy e Matt não é exatamente o foco da narrativa, mas surge em grande parte na voz da adolescente. Completamente normal. Há algumas reviravoltas e a trama instiga o leitor nos mistérios que Daisy desvenda aos poucos. Com escrita leve, fácil e capítulos curtos, a leitura se faz em um dia, no máximo, em dois. O leitor desejará, com certeza, conhecer as soluções dos mistérios que surgem na história e não cansará até descobri-los.

Recomeço é uma obra com muita ficção, mas também reflete um pouco sobre amizade, amor e companheirismo em momentos difíceis, com uma escrita fluida e bem escrita, Cat Patrick nos traz mais uma boa obra para lermos.

6 comentários:

  1. Não conhecia nem a autora, nem o livro :~
    Tenho todo um preconceito com livros que envolvem câncer na história, mas to superando!

    Novembro Inconstante

    ResponderExcluir
  2. Ual! Fiquei muuito curiosa para ler. Como assim a menina já morreu 5 vezes? :O Achei a premissa bem interessante e fiquei feliz que o livro te surpreendeu! Adorei a dica!

    Beijo,
    http://www.pitadadecultura.com/

    ResponderExcluir
  3. E a primeira resenha desse livro que leio e também não conhecia a autora, mas hoje em dia é tão difícil ver uma história jovem em um único volume ser conclusiva que já fico impressionada. Além do que o tema é interessante, voltar da morte é um desejo comum a muitos de nós, uma droga que faz isso é um avanço e com certeza tem mistérios em torno de si. Fiquei curiosíssima com a trama do livro e adorei sua resenha entusiasmada.

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Nossa eu AMO livro assim de ficção científica, mas confesso que fiquei aflita porque a personagem já morreu várias vezes na trama HAHAHAHA Não conhecia esse livro (esses livros, no caso) nem a autora, mas sabe aqueles momentos da vida onde você lê mais texto da faculdade do que coisas que realmente te deixam relaxada? Pois é, tô nessa fase. Vou colocar os livros da Cat Patrick na minha lista!

    Beijos!
    Burlesque Suicide

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha.. fiquei com vontade de ler!!
    Já tem post novinho esperando por você!! É uma enquete, opine você também!!
    Curta a nossa página no Facebook, é só clicar: https://www.facebook.com/blogrolamuito
    Muitos beijinhos..

    ♥ www.rolamuito.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Jen,
    Acho que já vi os livros dessa autora na livraria, ambos são meio pocket né.
    Sempre fico pra comprar mas pego outros haha

    Gostei muito da premissa desse, essa coisa das abelhas é meio 'Meu Primeiro Amor' né haha
    Mas daí a gente acaba refletindo se tomaria a mesma atitude que a protagonista.
    Ótima resenha!

    P.S.: Esse pessoal ta super se dando bem com essas adaptações mesmo, poderiam me contratar pra alguma coisa, to precisando moços e moças haha
    James McAvoy é um fofo mesmo, também quero ver o filme do Frank por ele ♥
    Obrigada pelos elogios.

    bjs e tenha uma ótima quinta.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo