19 dezembro 2014

Lembranças novas, ano velho


Confesso que não iria escrever nada nesse final de ano, mas não resisti. As férias chegaram, finalmente, e não sei a melhor forma de expressar o alívio que trago aqui dentro depois de dias tão conturbados e infinitos. Sim, pareceram dias infinitos e se não fosse por muito foco naquilo que realmente quero e tendo pessoas importantes ao meu lado, com certeza eu enlouqueceria e tomaria atitudes erradas. Por que nesses dias parece que tudo não faz sentido, todas as coisas boas acabam sendo deixadas de lado e nossos olhos só enxergam o errado. Parece que isso nunca irá acabar e  que nossos dias estarão fadados para sempre em eternos dias estressantes. 
Mas esses dias terminam. E as nuvens obscuras agora transformam-se em um céu claro, azul e branco, tranquilo. É hora de esquecer as dificuldades dos últimos dias (ou meses) e focar no que gostamos, no que queremos, no que nos faz bem. Pelo menos é assim que me sinto hoje. 
Ao terminar mais um ano surpreendente, diferente e carregado de lembranças boas e novas histórias, me sinto um tanto nostálgica, mas esperançosa quanto ao novo ano que está por vir. Aconteceram muitas mudanças; não só comigo, mas em relação às pessoas ao meu redor. É aquele velho clichê de mudar as estações. 2014 mudou tudo. A rotina, as amizades, as atitudes, as lembranças, as histórias à serem contadas. Cheguei à esse breve final cansada, exausta, mas com um sorriso no rosto acreditando que tudo irá ocorrer bem, pois olhei para os lados e enxerguei as possibilidades infinitas junto às pessoas que verdadeiramente importam ao meu lado. 
O ano mais pareceu um século e finalmente irá terminar. Que 2015 nos surpreenda tanto quanto 2014, mas de formas positivas. Que novas histórias sejam escritas para serem rememoradas e que as amizades e pessoas especiais permaneçam em nossas vidas. Que novas fronteiras sejam alcançadas e novos desejos sejam realizados. É somente isso que aguardo nesses novos dias que estão por vir.

Aos leitores do blog, desculpem a minha ausência por aqui e em outros blogs, esse ano e os que estão por vir foram e irão ser bem atribulados quanto à minha vida acadêmica. Mas eu amo esse espaço,onde eu tenho a liberdade de escrever, de expor meus gostos pessoais e de conhecer novos gostos, novas pessoas, então não quero abandoná-lo de forma alguma. Por isso continuo com esse blog há 5 anos e quero continuar por muito mais anos ainda. O número de seguidores ou visitas já não importa mais, pois ele faz parte de mim e da minha história de vida. Agradeço à todos que visitam esse meu espaço tão particular. Desejo à todos um final de ano feliz e um novo ano mais feliz ainda!

12 dezembro 2014

[Tag] Meus livros, ninguém sai!


Vi essa tag em dois blogs que sigo, mas foi no blog Pitada de Cultura da Gabriela que gravei mais e assim, cito ela como referência de onde retirei a tag.rs Acho que todo mundo já assistiu o vídeo da 'Juliana está des mai a da', mas aqui vai o link pra quem não assistiu, é só clicar na palavra 'aqui'. rs Vamos à tag:


1.“Ei coisinha, vá devagar”: Sabe aquele livro que você devorou rapidamente? Qual foi ele?

Cidades de Papel, John Green. Eu não estava muito empolgada na leitura dele, mas acabei terminando a leitura em um dia apenas e como amei ela! Na verdade, já devorei vários livros em um dia apenas ou em algumas horas *quando eu não tinha muito o que fazer*, mas ele é um dos mais marcantes pra mim; assim como O Chamado do Cuco.


2. “Eu vou me segurar aqui”: Qual livro te prendeu?

Vários livros já me prenderam e muito, mas um que me impressionou foi O Chamado do Cuco, não quis largar o livro até compreender o final da estória e quem foi o culpado, quem estava envolvido no assassinato, etc. J. K. tem uma escrita descritiva que em outros autores talvez não me agrade nem um pouco, mas ela conseguiu me prender e muito com seu romance policial.

3. “Se eu cair eu quebro a minha clavícula”: Qual obra te desestabilizou emocionalmente?

Já me desestabilizei com mais de um livro, emocionalmente falando, Extraordinário foi um deles, mas o mais recente foi O Pagador de Promessas. Ter um personagem tão mal compreendido me fez ter raiva dos outros personagens e da vida em si, em como ela pode ser tão injusta e cruel às vezes.

01 dezembro 2014

Dos Últimos Que Vi #03


Não venho assistindo muitos filmes esses últimos tempos por conta da bendita universidade, assim como não venho lendo muitos livros *quase nenhum* também *desculpem pela falta de presença por aqui com resenhas novas*. Mas de vez em quando dá pra escapar da rotina atribulada e assistir ótimos filmes em casa e/ou no cinema.

A Esperança - parte 1

Com certeza o filme mais esperado por mim no ano. Comprei ingressos antecipados, mas não assisti na estreia. Ainda bem. O público na minha sessão foi bem maduro e não houve 'inconvenientes' de outras pessoas. Mas falando sobre o filme em si: AMEI. Repartir o livro em dois filmes não foi algo tão atrativo para os que não leram o livro e não entenderam o clima mais 'calmo' dessa primeira parte, mas amei mais uma vez essa adaptação tão condizente com a saga e principalmente as atuações, os jogos de câmeras e o significativo 'pano de fundo' que o filme traz tratando das questões políticas e do jogo de ideias e manipulação envolvidos em uma guerra. A cena mais marcante pra mim, foi a visita de Katniss ao hospital; foi bem emocionante.


Amantes Eternos

Fiquei MUITO curiosa com esse filme desde a primeira vez que vi uma notícia sobre ele. Vampiros + Tilda Swinton + Tom Hiddleston?! Com certeza essa fórmula daria um maravilhoso produto. E como deu! Não espero um filme cheio de ação, sangue e pessoas morrendo. Não é um filme convencional; acredito que foi bem intencional essa produção tão clean no enredo. Adam vive em Detroit, isolado de tudo e todos, apenas fazendo sua música e Eve já se encontra em outro país, totalmente longe e diferente de Adam, mas os dois são marido e mulher e nutrem um amor incondicional desde muito, muito tempo atrás. Essa obra traz muitas referências artísticas, tanto da literatura como das ciências e artes, o que me fascinou. A atuação de Tilda e Tom está perfeita e eles como vampiros trazem um ar sexy e nobre, como todo vampiro clássico precisa ter. Não sei como expressar o QUANTO amei esse filme, mal acabei de assistir e já queria assistir novamente para apreciar ainda mais os detalhes dessa produção. 


A Última Casa da Rua

Tendo lido o livro antes, essa estória não me parecia tão interessante ou assustadora como ele pretende ser. Porém, o livro foi adaptado do filme, o que pode ter acarretado essa minha opinião sobre a leitura ter sido um tanto fraca. O filme me surpreendeu e mesmo já sabendo o que iria acontecer em algumas partes, não me lembrava de outras e o suspense me fazia querer roer as unhas. As cenas, o espaço, o enredo, achei tudo muito bem construído e até a atuação da Jennifer Lawrence questionada nesse filme em alguns comentários no Filmow, eu achei boa. O final surpreende e os atores conseguem nos prender ao querer saber o que irá acontecer. É um suspense bem construído que me arrancou alguns sustos.Existem alguns clichês? Sim, mas ainda assim foi um bom filme de suspense, realmente me prendeu do começo ao fim. Recomendo muito.

The Paperboy

Já li o livro lançado pela Novo Conceito *resenha aqui* e estava muito curiosa com a adaptação cinematográfica do mesmo. Me surpreendeu pela fidelidade ao livro e por ter esclarecido melhor a estória em si; com o livro, achei que ficou um tanto confuso o enredo. As atuações estão muito boas, porém, o filme todo traz um 'ar pesado', carregado de coisas ruins que podem acontecer com o ser humano e carregado de situações e pessoas estranhas. O clima do espaço incomoda por ter tantas cenas com os personagens suando, isso trouxe uma perspectiva visual bem incômoda, pra mim pelo menos. Porém, é um filme que traz algumas boas reflexões. Mas não é recomendável para os 'estômagos fracos'. Como adaptação de um livro, achei muito boa.

***
E vocês, já assistiram algum desses filmes? Gostaram? Indicam algum filme que eu possa gostar?
Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo