19 outubro 2014

Resenha - Anna e o beijo francês

Nome: Anna e o beijo francês
Original: Anna and the Franche Kiss
Autor(a): Stephanie Perkins
Editora: Novo Conceito
Onde comprar: Compare preços
Sinopse: Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?

Como não se interessar por algo que tenha algo francês?! Para mim, impossível. E quando soube sobre esse livro, no começo do ano passado(fiz a leitura em 2013, então o conheci em 2012), me interessei de primeira, ainda mais depois de ler sua sinopse. Fiquei impressionada em Anna não gostar de ir à Paris, como uma pessoa pode não gostar disso?! E fiquei mais do que curiosa em ter o livro em mãos. Finalmente, através da editora Novo Conceito, pela Página de Vantagens pude tê-lo. E ainda demorei para realizar a leitura, infelizmente. Por que Anna e o Beijo Francês é mais do que apaixonante, é inspirador.

Anna tem um pai escritor famoso (à lá Nicholas Sparks, não pude deixar de comparar) e é meio que forçada por ele para entrar em um internato. Já não bastasse isso, é um internato na França. Longe de Atlanta, longe da América tão amada por Anna, longe de sua melhor amiga Bridgett, seu irmão fofo Seany e sua paixão de algum tempo, Toph. Claro que ela odeia a mudança e no começo se sente mais do que deslocada e fria quanto à cidade maravilhosa de Paris. Porém, não demora muito para descobrir pessoas interessantes e gentis em seu internato e um francês-inglês-americano mais do que interessante também.

É o segundo livro que leio da autora Stephanie Perkins, já tinha me apaixonado por sua escrita em Lola e o garoto da casa ao lado  e fiquei mais do que feliz em ter outro livro para apreciar e confirmar se a autora é realmente uma das cotadas em fazer parte da minha lista de autores preferidos ou não. E sim, Stephanie Perkins é mais do que cotada para fazer parte dessa lista. Anna e o Beijo Francês traz aquele romance juvenil, que vemos muitos por aí, mas não sei como, ela traz esse romance juvenil de uma forma diferente (Em Lola ela também traz isso, mesmo com alguns clichês), de uma forma que possamos nos identificar e não termos uma leitura artificial diante de nós.

Anna é irritante no começo, por eu ser fascinada pela ideia de ir à Paris, não consigo suportá-la por achar completamente ruim em se mudar para lá; porém entendo sua repulsa, ela precisa se afastar de tudo que ama por causa de Paris e está numa cidade em que não é fluente em seu idioma o que torna sua mudança realmente incomodante. Mas ao longo da narrativa gosto de Anna e mesmo com alguns dramas bem juvenis e clichês de garota apaixonada-que-não-quer-admitir-estar-apaixonada, eu a entendo e não me irrito. Por que, quem nunca fez isso? Quem nunca viveu um drama adolescente e foi mais do que egocêntrica em achar que seus problemas são mais importantes que os dos outros ou que não olhou ao seu redor pensando em outras pessoas e numa forma de ajudá-las por elas estarem vivendo momentos 'piores' que os seus?! (Eu ainda acredito que todos os problemas pessoais são igualmente importantes, tá?!).

Sim, Anna e o Beijo Francês tem seus clichês juvenis, mas isso não incomoda nem um pouco com a narrativa mais do que fluente que Stephanie nos proporciona e com o cenário lindo que ela nos traz em sua obra. Paris, França, seus costumes, sua comida, tudo por lá parece ser apaixonante. E nesse livro ainda pude me apaixonar ainda mais por cinema, Anna é fascinada pela sétima arte e sua devoção aos filmes, o seu conhecimento sobre o assunto em geral, é de causar inveja.

Fora tudo isso, Étiene é mais do que apaixonante (estou usando muito essa palavra nessa resenha, não resisto), é o americano com sotaque britânico e fluente em francês que fazem todas suspirarem (ou pelo menos, eu). Os novos amigos de Anna também, Meredith, Rashimi e Josh são personagens secundários interessantes. O livro não decepciona.

Recomendo à todos que apreciam um romance juvenil, recheado de estórias engraçadas (ri muito em algumas cenas com Anna), Paris, cinema e croissant.

14 comentários:

  1. Olá Jennifer,tudo bom? Nossa, eu também comparei o pai da Anna com o Nicholas o tempo todo! ><" É impossível fazer uma resenha deste livro sem usar a palavra apaixonante! Assim como você, acabei não me incomodando com os clichês de livros juvenis pela narrativa incrível e fluida. PS: Não é só vc que ficou apaixonada pelo Étiene ><" kkkkkkk

    Bjs!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  2. Anna e o Beijo Francês é um dos meus livros preferidos DA VIDA!
    Etienne, CASA COMIGO, POR FAVOR?
    Se bem que eu também quero casar com o Cricket Bell... Sou bígama!
    Hahahaha.
    Concordo com você: é apaixonante.
    Ainda mais agora que eu fui pedida em casamento em Paris, hahaha. Amo mais ainda!

    Beijos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  3. Eu ja li esse livro, mas em pdf. Gostei muito!

    www.pequenamenina31.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Poxa ainda não li esse. Mas também tem tanto livro que quero ler que nem sei mais o que fazer da vida hahahaha

    Beeijos ;*
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  5. Olá, Jen.
    Confesso que antigamente, para ser mais exato quando esse livro foi lançado, tinha certo preconceito com o mesmo, do tipo "livro para menininha". Nos dias de hoje leria, já que vejo tantos falando super bem dele.
    Aprendi que livros mais leves assim, nos faz rir e pode nos livrar de uma ressaca literária.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adorei!
    Já li esse livro e Lola e o garoto da casa ao lado.. ambos muito fofos!! Quero o terceiro logo!!
    Muito boa mesmo sua resenha!
    beijos

    http://universodeestrelas.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Sempre tive curiosidade pra ler esse livro, mas ainda não tive oportunidade. Sempre o julguei pela capa porque acho a capa lindinha e acho que ele deve ser ótimo, melhor do que imaginava, sua resenha me motivou.
    Adorei.
    http://www.senhoritaliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Sou louca por este livro, nem sei porque ainda não comprei ... hahaha ... adorei a resenha Jeh! Tbm adorei a escrita da autora em LOLA E O GAROTO DA CASA AO LADO.

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie Jeniffer =)

    Ahhh! Eu acho esse livro uma fofura *---*
    Gostei muito mais dele dos que do Lola e o Garoto da Casa ao Lado.
    Ambos sem bem clichês mesmo, mas não sei ... acho que o Etienne tem um charme a mais que conquistou meu coração rs...
    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  10. Oi Jennifer, tudo bem?
    eu comprei Ana e o Beijo francês e Lola em uma promoção da livraria leitura. Os dois juntos saia por 20 reais, mas até hoje ainda não li. Mas a cada nova resenha que leio fico cada vez mais encantada e com mais vontade de ler esse livro. Espero conseguir ler em breve e me sentir tão apaixonada quanto você pelo livro.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  11. Que bom que finalmente pudeste ler. Também acho Anna apaixonante, Étienne apaixonante e.. croissants deliciosos.
    Eu entendo a Anna, embora não seja tão apaixonada por Paris, eu embarcaria fácil em qualquer proposta de viagem. Mas é complicado achar que se está no paraíso e te arrancarem de lá.


    Beijos,
    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Eu li esse livro não esperando nada e no final eu estava totalmente apaixonada. <33 Esse não é o tipo de livro que eu leio muito, mas tem algo na escrita da Perkins que me prendeu e eu lembro de ter suspirado MUITO enquanto lia Anna e o Beijo Francês. Não vejo a hora de ler Lola, espero que seja tão bom como o da Anna <33

    http://minhafernweh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Sinto que esse é o livro que preciso ler por desencargo de consciência. Li Lola e o Garoto da Casa ao Lado e odiei tanto que prometi nunca mais ler nada da Stephanie Perkins. Mas talvez eu só tenha começado pelo caminho errado. Quem sabe um dia...
    Você comentou sobre o pai estilo Sparks e isso é justamente o que mais ouço falar sobre o livro. Tenho curiosidade pra ver como a autora construiu esse personagem.
    Sobre a Anna não querer Paris, o Eduardo Jorge tem uma boa frase pra ela: você está louca, querida! HAHAHA

    ResponderExcluir
  14. Oi, Jeniffer!
    Que delícia saber que você curtiu tanto esse livro. Ele é meu xodó eterno! <333
    Amo-o demais, sabe? Minha paixão pela Perkins surgiu com esse livro. Li-o no ano de lançamento e fiquei perdidamente apaixonado. Foi uma leitura muito maravilhosa.
    Anna é adorável e como você disse, mesmo que pareça irritante de início, ela logo nos encanta depois. Achei-a super humana.
    Sobre Etienne... Ai ai... Impossível não surtar de alguma forma, né? Um dos melhores casais de romances, eu encontrei aqui.
    Ótima resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo