30 outubro 2014

[Filme] Drácula: A História Nunca Contada

Original: Dracula Untold
Diretor: Gary Shore
Atores: Luke Evans, Dominic Cooper, Darah Gadon.

Trailer
Mais informações






Drácula era um filme muito aguardado por mim. Sempre *desde a adolescência* me interesso pelo tema vampiros e ver essa figura clássica do vampirismo em uma releitura na época antiga da Transilvânia, trazendo um Drácula diferente do que vemos em outras leituras, foi bem instigante para mim. Não pude perder a chance de assistir no cinema e não me arrependo.


Vlad está aqui diferente; ele não nos é apresentado já como o vampiro imortalizado que se tornou. Traz um pouco da lenda antiga dele ter sido um grande guerreiro e nobre da Transilvânia, que matava à todos sem piedade, porém, neste filme ao invés de matar por prazer, Vlad mata por necessidade, por ter sido levado de sua terra natal para lutar pelos Turcos, povo inimigo da Transilvânia. Vlad tem família, uma mulher e um filho, que é o narrador inicial da estória. Ao se ver em uma situação de impasse sobre uma possível guerra com os Turcos ou a entrega de mil crianças incluindo seu filho, ele trata de tomar atitudes que irão mudar drasticamente sua forma de viver.


Todo o cenário é sombrio, como deve ser um filme sobre esse personagem ícone. Me surpreendeu e me fascinou a atuação do ator ao demonstrar seus conflitos internos, ao exercer o poder que obteve e ao sucumbir nas consequências das suas atitudes. As batalhas expostas foram muito bem elaboradas, porém, pensava eu ver mais 'sangue e cabeças decapitadas' do que vi ao decorrer do filme, isso só acontece muito bem lá pro final, mas não deixa de agradar.


A reviravolta, o clímax que o filme traz funciona muito bem assim como o grande vilão da trama, que no final funciona, por que temos como principal vilão em toda a trama não um personagem em si, mas outro fator. Ainda há retratado na mulher de Vlad o grande amor de sua vida, aquele em que quase todas as estórias sobre ele, aparece como aquela a que seu coração pertence; outro ponto que vemos em outras adaptações clássicas e também presenciamos nessa. 

Como sempre digo, não sou especialista no assunto 'cinema', não vou opinar sobre questões técnicas sobre os filmes que escrevo sobre, mas a trilha sonora de Drácula foi bem condizente com todo o clima que ele traz: sombrio e intenso. As jogadas de câmera também foram um ponto que me chamou muito a atenção, em uma cena ela é colocada no ponto de vista de alguém que está morrendo na batalha, em outras cenas esse jogo de visão é bem elaborado e traz aquela confusão visual que poderia atrapalhar no assistir do filme, mas, para mim, foi algo bem colocado ao intensificar o que estava ali sendo mostrado. 


Por fim, para quem se interessa por Drácula e sua estória icônica e ficou instigado em assistir essa releitura de um personagem tão único, não deixe de assistir esse filme. Houve um ponto que me incomodou nele? Sim (selecione logo após esse parenteses para saber o que foi) *a palavra 'vampiro' não existia na época, mas foi falado por um personagem, o que pra mim foi um furo no roteiro, porém, assisti dublado, então pode ser que a dublagem tenha sido errado, irei comprovar ao assistir legendado* mas não foi algo que incomodou tanto. Recomendo muito.

7 comentários:

  1. Ainda não tive oportunidade de assistir
    http://toobege.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. saiba que mesmo legendado eles fazem diferente da fala original (no caso americana haushaus) mas enfim, eu "vi" este filme, em um trailer mas... sei lá não conseguir gostar,acho que, por ter me decepcionado com tantos filmes de "vampiros" mas quem sabe eu assista pelo pc quando tiver

    ✥ Visita se quiser ₪ inocentementeingenua.blogspot.com.br ☁

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca vi nenhum dos filmes do drácula por que acho muito bestinhas,porém eu tive mmuita vontade de ver esse! esse fim de semana irei ver !
    bjs,

    http://fabricade-desejos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Jeniffer!
    Adorei sua resenha, quero muito ver essa releitura de Drácula, parece que ficou muito bom msm! Tbm adoro vampiros, rs. Luke Evans <3
    Beijos
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, Jen.
    Gostei muito de seu ponto de vista sobre a obra.
    Estou muito ansioso para ver esse filme e que mancada colocarem a palavra "vampiro" dita por um personagem na época que o filme se passa. Pode parecer besteira a principio, mas é a mesma coisa de um personagem dizer "tá ligado" ou algo mais atual, querendo ou não nos faz perder um pouco do fascínio.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Jeniffer

    Eu não sou fã de filmes sanguinolentos e tal, mas essa onda de releituras onde os personagens que nós conhecíamos como bads, de repente não são tão ruins assim, meio que desconstrói e estraga um pouco toda a mitologia.
    Na minha cabeça Drácula matava porque sim, qualquer coisa diferente disso soa falso. Mas eu não assisti o filme ainda, então não darei uma opinião precipitada, vou assistir e ver no que vai dar.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  7. Oii Jeniffer!
    Não sei se é um filme que eu assistiria, não me desperta muita curiosidade, sabe? Mas achei a fotografia do filme muito bem feita. E eu acho que esse furo deve ter sido mesmo da dublagem... pq geralmente eles colocam palavras beeem diferentes quando dublam, né? haha

    Beijo,
    http://www.pitadadecultura.com/

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo