23 agosto 2014

Resenha - Boneca de Ossos

Nome: Boneca de Ossos
Original: Doll Bones
Autor(a): Holly Black
Editora: Novo Conceito
Sinopse: POPPY, ZACH E ALICE sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam. Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo...

Boneca de Ossos foi uma leitura rápida e surpreendentemente tenebrosa. A estória é para crianças, mas Holly Black conseguiu me aterrorizar com sua boneca tão peculiar e estranha.

Os amigos Poppy, Zach e Alice tem idades parecidas e além de estudarem juntos, eles também brincam juntos. Mesmo tendo uma idade em que a maioria das crianças não brincam mais, as crianças ainda gostam e muito de criar estórias fantásticas com seus bonecos. O garoto Zach tem um pai que sumiu e agora está de volta à sua casa, mas o menino não consegue compreender por que sua mãe o aceitou, pois eles estavam ‘muito bem obrigado’ apenas ele e ela. A menina Alice tem uma avó muito reguladora e rígida com seus horários, ela quase não consegue brincar direito por sempre sua avó ligar para a casa da amiga perguntando sobre sua neta e ordenando que volte para casa. Já a Poppy tem uma liberdade maior e é quase sempre na sua casa que acontece as brincadeiras com as estórias criadas por ela. Mas lá mesmo existe uma boneca muito peculiar, chamada pelas crianças de a Grande Rainha, que de tanto assustá-los com sua forma delicada de porcelana, cabelos desgrenhados e olhos profundos e escuros, eles decidiram inseri-la nas brincadeiras, uma solução para não ficarem tão assustados assim.

O pai de Zach parece não entender ter um filho pré-adolescente ainda brincando com bonecos e acaba os jogando fora. O menino precisa inventar uma desculpa para não poder mais brincar com as duas meninas, que, aliás, estão ansiosas para a continuação da ultima estória que inventaram. E, ao invés de contar a verdade, ele mente dizendo que não quer mais brincar, que não se interessa mais nisso. As duas garotas parecem não entender, claro. Mas numa troca de bilhetes na escola, Poppy parece ter uma grande revelação a contar. Esta revelação que envolve a boneca de ossos trará um novo rumo para a vida das crianças e novas aventuras que elas nunca imaginariam ter.

A estória decorre a partir do momento que a menina Poppy parece ter falado com a boneca, com ela dizendo que a garota precisa enterrá-la perto de sua família. A boneca é realmente feita de ossos de alguém já há muito tempo morto. E assim, a estória que parece bem simples e voltada para o seu público infanto-juvenil demonstra ser mais do que isso. A narrativa já instiga o leitor desde as primeiras páginas. Os personagens são bem reais, pois crianças com seus pais separados, avós rígidas e família grande com irmãos implicantes sempre existem. É uma estória fantasiosa, claro. Mas traz um núcleo bem interessante, que são crianças ainda brincando com seus bonecos mesmo tendo todo um aparato tecnológico à sua volta. Elas amam suas estórias inventadas e as brincadeiras com os bonecos, mesmo não sendo tão novas e é algo bonito de ler sobre.

Além disso, a boneca, o mistério envolvendo ela, os acontecimentos ‘tenebrosos’ que ocorrem ao decorrer da narrativa são bem instigantes e nos levam a não querer deixar a leitura de lado nem por um instante. Black nos traz uma narrativa muito bem escrita, não só para o seu público-alvo, mas também para qualquer leitor interessado numa leitura leve, mas nada superficial aonde crianças irão te conduzir para uma história nada normal, misteriosa e muito empolgante.

10 comentários:

  1. oie Jenny
    já li um livro da autora, e não gostei muito. Estou apostando todas as minhas fichas nesse, pois amo infanto-juvenil, e enredos macabros.
    Bjos
    www.myooklit.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Jeniffer,

    Sua resenha me deixou curioso. Verdadeiramente, não imaginava esse leitura pudesse ser assim como você escreveu. Isso me deixou verdadeiramente curioso. Trabalhar o suspense, o "terror", o fantástico para criança é uma coisa que não vemos muito hoje em dia os autores fazendo. Parece ser interessante, mas nada, ou quase nada, faz eu mudar minha opinião em relação a essa capa (sei que é frescura), mas não gosto dela.
    Que bom que o mais importante é o que dentro dela, e isso sim parece ser interessante, muito interessante!

    Jônatas Amaral
    alma-critica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oii,

    Eu já ouvi falar sobre o livro, mas sua resenha foi bem mais completa. Adoro esse tema e quero ler em breve...

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. Olá

    Nossa, a história parece meio macabra mesmo. Mas gosto de livros emocionantes, que te fazem navegar na história e quando você menos espera já acabou de ler.

    Beijos

    Raíssa Martins - O Outro Lado da Raposa
    Facebook
    Twitter

    ResponderExcluir
  5. Estou muito curiosa pra ler esse livro, só vejo resenhas positivas! *-*
    Acho interessante o fato de ser um infanto-juvenil com esse clima tenebroso.
    Bjbj
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Tenho bastante curiosidade com o livro.
    Gostei de sua sua opinião, mas confesso que ao mesmo tempo que tenho bastante curiosidade, já ouvir alguns comentários negativos sobre a obra.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Jeni!
    Esse livro <333
    Eu amei a leitura deste livro. Foi meu primeiro contato com a autora e não poderia ter sido melhor. Amei cada página e fiquei in love pela boneca. Haha
    Ótima resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  8. Logo quando comecei a ver esse livro em alguns canais literários ele não me chamou tanto a atenção, mas depois que li uma resenha dele simplesmente me vi super curiosa sobre essa história. O visual desse livro é lindo e eu estou muito empolgada para lê-lo. Não vejo a hora de tê-lo em mãos. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Hey!!
    Eu super curti o título e a história, apesar de ser bem medrosinha acho que daria para encarar esse, rs.
    Adorei a resenha.
    Beijoo!

    ResponderExcluir
  10. Curti muito a resenha, estou pra ler Holly Black a tempos.

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo