13 junho 2014

Resenha - Sonho de Uma Noite de Verão - Mangá Shakespeare

Nome: Sonho de Uma Noite de Verão - Mangá Shakespeare
Autor(a): Kate Brown
Editora: Galera Record
Sinopse: “O caminho nunca é fácil para o amor verdadeiro”. Essa comédia romântica é a comprovação de uma das citações mais conhecidas de Shakespeare. A história se passa com quatro jovens prestes a desafiar as regras hierárquicas de Atenas em uma floresta habitada por fadas. E quando uma poção do amor faz com que os jovens se joguem nos braços uns dos outros, o caos da paixão e a última consequência.


Esse foi a terceira obra de Shakespeare que li e não foi especificamente a obra em si dele, pois foi em forma de Mangá, mas como o mangá trouxe a tradução literal e original da escrita de Shakespeare, foi como eu tivesse lido mais um livro dele.

Como forma de mangá a obra shakespeariana foi mais ainda interessante de ler. A estória em si tem seu teor um tanto humorístico e se fôssemos comparar com algum gênero atual, com certeza esse seria como uma comédia romântica de Shakespeare. Os desenhos voltam trazem a obra para um ambiente atualizado, o que não tira a beleza da erudição da escrita antiga em Shakespeare.

É uma estória para os amantes românticos, definitivamente. E com certeza irá arrancar suspiros e algumas risadas ao longo da leitura. Os elementos da comédia romântica estão todos presentes ali: os desencontros, os antagonistas que tentam impedir o casal a ficarem juntos, as cenas de humor entre esses desencontros, etc.

A peça original, se lida antes do mangá, irá trazer uma curiosidade que o gênero mangá irá satisfazer: a concretização de como as cenas e os personagens estão agindo e se expressando ao decorrer da narrativa. Os desenhos estão muito bem feitos e trazem maravilhosamente as expressões dos personagens de uma forma que o leitor visualiza muito bem o que está sendo narrado na peça. Seria como a peça sendo vista não num palco de teatro, mas nas páginas do livro, em cada desenho exposto.

O que me desagradou um pouco, bem pouco mesmo, foi a edição não ter a capa com as 'orelhas' e os desenhos coloridos serem só nas primeiras páginas da apresentação dos personagens. Acredito que ficaria belíssimo o mangá em capa dura e com todas as ilustrações coloridas. Mas isso não influencia tanto na leitura desse clássico singular de Shakespeare em forma de mangá e muito menos diminui o trabalho muito bem feito da editora.

Foi uma leitura rápida, mas não menos substancial. Recomendo à todos os fãs do autor, à todos os fãs de mangá e comédias românticas.

10 comentários:

  1. UAU
    acho que nunca li um mangá de histórias assim
    mas super leria depois da sua resenha, jennifer rsrs
    Eu sou doida para ler os romances de Shakespeare e essa parece ser uma forma bem divertida de o fazer - ficar com cara de comedia romantica, qe amor <3
    voce tem que terminar a hospedeira! Melhor que crepusculo - o que dizem, mas eu gostei mesmo mais que crepusculo, e o começo é mesmo paradao :c
    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  2. Oi linda, tudo bem?
    Achei bem legal, uma obra de Shakespeare em mangá. Nunca li nada dele mais tenho muita vontade de ler. Só não sei muito bem por onde começar. Me indica um pra começar?
    Fico feliz que tenha gostado da leitura.
    Capas sem orelhas realmente incomodam...rsrs

    Beijão :*

    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho vontade de ler a obra, diferente assim por mangá, né?

    Post novíssimo, bora lá?
    Wow, Lovely!

    ResponderExcluir
  4. Os primeiros livros de Shakespeare que eu li foram adaptações da Rute Rocha, quando eu tinha uns 9 anos de idade. Acho super legal essa ideia de transpor obras importantes de uma linguagem mais acessível, ainda mais quando é como mangá, que por si só já fica uma obra de arte!

    Viu mocinha, tá tendo Maratona de Dia dos Namorados lá no blog, que pode te render três dvds <3

    http://meufilmeviroulivro.blogspot.com.br/2014/06/maratona-dos-namorados-quem-e-o.html

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
  5. Jennifer, querida, acho uma ótima ideia para ler classicos como Shakespeare! Principalmente para a galerinha jovem, que vai se interessar bem mais por uma versão moderninha. Concordo com vc que poderia ser uma ediçao mais caprichada, como pede o autor. Fiquei curiosa com o livro.
    Bela resenha!
    Beijo!

    Ler para divertir
    As Meninas que Leem Livros

    ResponderExcluir
  6. Diferente, obra de Shakespeare em mangá, realmente.... Nunca li nada dele, mas vontade não é o que falta, definitivamente. Seria interessante começar por essa sua indicação, gosto bastante da história.

    Beijão

    ResponderExcluir
  7. Nossa, nunca me passou pela cabeça que pudesse existir Shakespeare em mangá! Super diferente. E concordo com você, uma edição capa dura com desenhos coloridos seria incrível.

    Beijos,
    pitadadecultura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu não curto Mangá, mas parece interessante e fiquei com vontade de ler.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  9. Aue legal.. Não sabia que tinha mangá sobre as obras de Shakespeare..
    Fiauei curiosa e acredita q nunca li um mangá?!

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Nunca li nada originalmente deste autor, sempre leio as versões de suas obras e fico curiosa para conhecer esta, que foi adaptada para mangá. Gosto muito deste tipo de leitura e a estória contada nesta parece ser ótima, adoro romances e humor. :)
    beijos

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo