25 maio 2014

Resenha - Como Viver Eternamente

Nome: Como Viver Eternamente
Original: Ways to live forever
Autor(a): Sally Nicholls
Editora: Geração Editorial
Sinopse: Sam ama fatos. Ele é curioso sobre óvnis, filmes de terror, fantasmas, ciências e como é beijar uma garota. Como ele tem leucemia, ele quer saber fatos sobre a morte. Sam precisa de respostas das perguntas que ninguém quer responder. ”Como Viver Eternamente”, é o primeiro romance de uma extraordinária e talentosa jovem autora. Engraçado e honesto, este é um livro poderoso e comovente, que você não pode deixar de ler. A autora tem apenas 23 anos e embora seja seu primeiro livro, ele está sendo lançado em 19 países, dirigido a crianças, adolescentes e adultos.
Eu fiquei conhecendo esse lançamento da Geração Editorial através de um e-mail falando sobre a aposta da editora e comunicando aos parceiros que iríamos recebê-lo em breve. Não sabia o que esperar especificamente dele e foi uma grata surpresa.

Sam tem 11 anos e também tem leucemia. Ele coleciona fatos e histórias fantásticas. E também é um menino bem inteligente. Seu melhor amigo, Felix, também tem câncer. E os dois não são crianças comuns. Não por que são doentes e tem uma vida difícil frente a isso. Mas sim por que querem viver a vida como ninguém e para eles, suas mortes não significam grande tristeza ou desespero, mas sim uma motivação para a vida ser mais interessante.

Sam é que nos conta sua história. Ele em uma aula particular com a Sra. Willis decide escrever um livro sobre sua vida. E a partir dele, descobre seus desejos, suas tristezas e decide como quer que sejam seus últimos dias de vida.

O livro, ao contrário do que podemos imaginar, não traz uma trama triste e melancólica sobre como uma criança com leucemia vive e as dificuldades que ela e sua família enfrentam com medicamentos e tratamentos. Pelo contrário, nele conhecemos Sam, um menino bastante interessante que narra uma trajetória de uma criança especial. Que não vive lamentando por não poder fazer muita coisa, mas que se desafia a realizar o que sempre quis e tenta compreender algumas perguntas que ninguém responde. Perguntas capciosas, as quais podemos refletir seriamente sobre ela, mas que ao longo da narrativa temos respostas simples, honestas e puras de uma criança que parece não conhecer nada do mundo, e só parece.

Ao longo do livro temos listas que Sam faz, as perguntas que ele e seu amigo irão nos responder - algumas vezes - desenhos e anotações de assuntos que interessam o menino e são relevantes em suas pesquisas. Percebemos o quanto Sam é maduro em sua fala e não acredito que seja um defeito ou um ponto fraco do livro, pois não achei essa maturação forçada. Um menino que já não tem tanto convívio social e que tem a internet em mãos pode muito bem saber de muitas coisas e pensar diferente de muitos de nós.

O que faz o livro ser único é justamente o que o editor nos fala na contracapa do mesmo: “Ele não fala da morte, mas da vida. Não fala do fim, mas da eternidade” E é exatamente isso o que Como Viver Eternamente nos mostra. Sam nos ensina algumas lições e nos faz refletir sobre vários assuntos relevantes em nossas vidas, além de compartilhar uma história linda sobre a importância de viver bem e superar os desafios que sempre surgem.

A diagramação é linda, as páginas são de uma espessura maior que a de outros livros e não encontrei erros ortográficos, o trabalho da Geração Editorial está de parabéns. Recomendo á todos que, através de um olhar singelo e único, querem saber como viver eternamente.

20 comentários:

  1. Não conhecia esse livro Como viver eternamente, mas parece ser muito bom, pela sua resenha. Imagina uma criança de 11 anos com leucemia, cara... Deve ser muito difícil, mas muito bonita essa visão de vida que eles tem. A dor o fez crescer, pelo que tive de ideia. Deve ser muuuuito lindo, já fiquei com vontade de ler :') Sam deve ser uma fofura que só :3
    Adoro o Flavio tambme, menina, ele faz a gente se sentir parte da criação :3
    eu preciso ler o primeiro também rsrs
    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  2. A Geração Editorial sempre arrasa em seus livros, eu tenho alguns livros da editora e eles são lindos, tem uma trabalho de diagramação e capa incríveis!
    Eu amei a capa desse livro, acho que compraria ele só por ela, de tão lindo que achei! E lendo a sinopse me dá ainda mais vontade de comprá-lo.
    Lendo sua sinopse só fico mais curiosa para conhecer esse livro! Eu adoro histórias que falam sobre superação e que nos traz uma bela lição de vida e essa me parece ser uma delas.
    Amei sua resenha ficou muito boa! Espero em breve poder adquirir esse livro e conhecer mais sobre essa história.

    Beijão :*

    http://justonemomentt.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Resenha linda e tocante Je, exatamente como o livro é! Parabéns, tbm super recomendo este livro.

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie Jenny
    eu amo esse livro. Justamente por conseguir ser engraçado e triste, e feliz, e reunir tantas características diferentes em um livro só. Chorei até não poder mais.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  5. Ai Meu Deus! Eu amo esse livro! Preciso compra ele! Li emprestado e amei!
    Bjs, comenta nesse post ajudaria muito:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/05/divulgacao-de-blog-amigo.html

    ResponderExcluir
  6. Bom dia flor, tudo bem?!
    Se eu te falar que não senti a menor vontade de ler esse livro (não por conta da sua resenha, mas desde quando todo mundo começou a falar dele), você acredita?! A história realmente parece ser cativante e emocionante, mas eu não senti qualquer sentimento entre ele e eu. Sei que isso é estranho, mas talvez eu ainda não esteja preparada para lê-lo. Mas eu fico feliz em saber que a obra te emocionou e que foi uma agradável surpresa da editora.

    Mil beijos e uma ótima semana!
    Blog Procurei em Sonhos

    ResponderExcluir
  7. Eu quero muito ler esse livro, até ler sua resenha não conhecia, mas fiquei muito curiosa.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  8. Já li algumas resenhas sobre o livro, e as mesmas bastante positivas.
    Acho que o drama unido ao gênero aventura é o que mais fascina nesse livro, tenho bastante curiosidade para ler o mesmo, e espero sinceramente o fazer brevemente.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá

    Eu super, SUPER, quero ler esse livro. Até agora não encontrei uma resenha negativa. Parece ter uma história incrível e uma lição de vida maravilhosa.
    Espero poder ler em breve e estou me preparando para derramar muitas lágrimas.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  10. Estou morrendo de vontade de ler esse livro, a capa é linda e a história parece ser muito emocionante.
    Eles até mandaram um lencinho junto com o livro para os parceiros.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Ain, quero muito ler esse livro. Livros com essa pegada geralmente me chamam atenção, e me interessei muito por "Como Viver Eternamente" desde o lançamento. Preciso encaixá-lo em meio a tantas leituras <3

    Beijão

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia esse livro, mas a estória parece ser tão lindinha... E é ótimo ver novos autores se destacando dessa forma. Quero lê-lo assim que encontrar um tempinho... :)
    Beijão!!!

    http://penny-lane-blog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Todo mundo que lê esse livro se diz emocionado com ele. Eu quero muito poder ler, mas sei que vai demorar, já que teria de comprá-lo e isso, no momento, está fora de questão. A Geração tem trazido livros ótimos, mas ainda não li nenhum deles ;x

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Adorei sua resenha e agora preciso ler esse livro!!
    Geração editorial sempre faz um bom trabalho na edição dos livros :)
    Forever a Bookaholic

    ResponderExcluir
  15. Have you ever considered writing an ebook or guest authoring on other websites?
    I have a blog based on the same subjects you discuss and would really like to have you share some stories/information. I know
    my subscribers would enjoy your work. If you are even remotely interested, feel free to shoot me an e-mail.


    Here is my site; sex sites (http://nakedgirlsonbicycles.tumblr.com/)

    ResponderExcluir
  16. Oi! Então, gostei muito da sua resenha e devo dizer que o livro realmente me atraiu. Pela "sinopse" não me chamou atenção porque normalmente se espera um livro sobre doença etc etc ou algo clichê, mas esse me parece uma leitura gostosa e bastante inspiradora. Me chamou atenção também que a autora é tão jovem e está sendo lançada em vários países!

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
  17. Jeniffer, estou louca pra ler este livro! Todas as resenhas são positivas!
    Adoro narrativas sob a perspectiva do personagem, que fica mais curiosa e divertida quando é uma criança ou adolescente. E com essa carga de dor, que ele parece trasmutar o sofrimento em força e esperança.
    Amei sua resenha!
    Beijo.


    Fiz esta resenha aqui e adorarei saber sua opinião: Ler para divertir

    ResponderExcluir
  18. Gosto de livros com esse tema, mas fico bem pra baixo quando leio rs.
    Meio que evito livros assim, estou querendo deixar de ler ACEDE, mas acho que não vou conseguir segurar a curiosidade rs.
    Achei o título bem sugestivo com a história, achei super boa sua resenha. Parabéns. :)
    Resenha #149 - Mar de Rosas - Quarteto de Noivas - Livro 02 - Nora Roberts.
    Confere lá!
    http://manuscritodecabeceira.blogspot.com.br
    Bjs.

    ResponderExcluir
  19. Esse é um dos livros que tô doida pra ler de tanto ver resenhas positivas!

    ResponderExcluir
  20. Todo mundo fala bem desse livro e adorei esse livro, me deu mais vontade de ler *--*

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo