04 fevereiro 2014

Resenha - Como eu era antes de você

Nome: Como eu era antes de você
Original: Me Before You
Autor(a): Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Um livro que entrou para a lista de favoritos, com certeza. É assim que começo a resenha de Como eu era antes de você, por ser tão tocante, lindo e ao mesmo tempo triste e agonizante.

Lou Clark acaba de perder seu emprego, o emprego que amava e que pensava ficar nele para o resto da vida. Trabalhava num pequeno café da sua cidade, mas era muito feliz por lá. Tendo que ajudar a família, Lou agora está sem saber direito o que fazer após tentar vários outros empregos que, definitivamente, ela não queria continuar. Ao mesmo tempo, sua irmã Treena, irritantemente considerada mais inteligente do que Lou, não ajuda muito na casa e ainda ocupa seu antigo quarto com seu filho, Thomas. Patrick, seu namorado só se interessa em malhar, ficar magro e treinar para participar de uma grande maratona que está por vir. Will Traynor já fora um rico empresário, esportista, que poderia conseguir a mulher que quisesse para si e vivia a vida como se 'o' hoje fosse seu ultimo dia. Atualmente, após Will ter sofrido um acidente com uma motocicleta que o fez ficar tetraplégico, não sente mais vontade de viver e só deseja que seus dias terminem rápido. Lou, procurando emprego no Centro de Trabalho, após as frustrações em alguns empregos estranhos, aceita ir a uma entrevista na casa dos Traynor, que procura uma cuidadora. Lou é aceita logo ao final da entrevista. Surpresa, mas feliz, volta no outro dia para seu primeiro dia de trabalho e mesmo pensando em diversas situações ruins para esse novo emprego, não imaginava como seria tão indesejável o convívio com Will.

Will é realmente difícil de lidar e Lou precisa vencer a vontade de largar esse emprego, ainda mais depois que Treena resolve voltar à faculdade e seu pai torna-se desempregado. Assim, a vida de Lou e de Will muda completamente quando os dois, ao serem obrigados a conviver todos os dias, acabam descobrindo o prazer que um e outro podem sentir numa nova amizade.

Como eu era antes de você é mais do que tocante. É apaixonante não por se tratar de um romance, mas sim de um drama real, um drama que a maioria não vive e desconhece como pode ser. O personagem Will nos traz reflexões sobre a vida que tinha e a que tem agora e Lou também. Pela personagem ser uma pessoa conformada com a vida e parada no tempo e Will, que agora é obrigado a conviver como tetraplégico, a ensina a mudar e a ver o que antes não queria ver, por medo ou por receio do desconhecido.

Esse livro nos traz lições de vida, de uma forma nada clichê, de uma forma nova, realista e claro, apaixonante. A escrita de Moyes nos instiga até o fim, trazendo o leitor para dentro de sua estória, fazendo-nos pensar sobre sua estória mesmo quando não estamos a lendo. Seus personagens são bem definidos e realistas, nada do que acontece no livro pode ser tido como algo surreal ou impossível, por isso, a estória de Lou e Will nos toca tanto.

Na capa há uma citação do The Independent: “(...) Lou e Will vão conquistar o coração dos leitores como fizeram Emma e Dex, de um Um dia.” Essa citação cai perfeitamente em Como eu era antes de você. É um romance realista que traz uma visão sobre a vida, morte, direitos de escolha, amor, amizade e família que não vemos sempre nos livros. É um romance inteligente que com certeza faz o leitor se emocionar, mas não de uma forma superficial e clichê, e sim de uma forma que achamos que conhecemos seus personagens e que nos lembraremos deles como velhos amigos que contaram suas histórias num dia qualquer ao qual nunca mais esqueceremos.

A edição da Intrínseca está perfeita, como sempre, e não tenho reclamações quanto a diagramação ou erros ortográficos. Livro mais do que recomendado a todos aqueles que apreciam a leitura de uma estória que vai te emocionar e te fazer pensar em todas suas escolhas após a sua leitura.
O livro já teve seus direitos comprados para a adaptação cinematográfica e acredito que são os mesmos produtores de A culpa é das estrelas, então estou esperando mais adaptações boas por aí.

23 comentários:

  1. Oi Jeni, li outro livro da autora e fiquei extremamente encantada com sua simplicidade e leveza ao escrever. Quero muito ler outros livros dela, este entre eles, pois parece ser incrível.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ahh... eu já queria ler e ele está na estante, certamente lerei esse ano. Só que eu comprei mais pela autora (curtia o anterior dela). Mas a tua resenha me cativou muito. Preciso me organizar e tentar ler logo.
    Porque eu quero outra Emma e outro Dex para minha vida.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Só pelo comentário comparando esse livro com Um dia já está na lista de desejados. Não li nenhum livro da autora, apesar de ouvir comentários positivos de outra obra da autora, A ultima carta de amor. Lendo a sua resenha, me veio a lembrança de outro livro, O segundo suspiro, que também tem o filme. Conhece?

    Adorei a resenha,
    Beijos
    Lucas
    ondeviveafantasia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi querida =)
    Todo mundo falando tão bem desse livro e eu morrendo de vergonha de dizer que nem ao menos eu li :/
    Adorei a sua resenha!

    Abraços,
    Marinah | Blog Marinah Gattuso
    Não deixe de acompanhar a nossa FanPage
    Conheça a loja O Céu de Laura

    ResponderExcluir
  5. Comprei esse livro a um tempinho, mas até agora não li. Depois da sua resenha estou decidida a ler logo depois que terminar minha leitura atual. Amo livros de drama. Comprei ele exatamente por isso, mas nem sei ao certo porque demorei tanto pra resolver ler. rsrsrs Ótima resenha.
    Ahh tem post novo lá no blog. Acho que você vai gostar.
    BeijooosBlog Mais amor, Mais livros
    Página do Facebook
    Canal do Youtube

    ResponderExcluir
  6. Nunca li o livro, mas tenho certeza depois de ler a sua resenha que ele consegue deixar os olhos de qualquer cheios de lágrimas né? Não conhecia o titulo, e a história é diferente das que eu costumo ler, mas se eu ver ele em alguma livraria, não vou pensar duas vezes, apenas irei levar ele pra casa comigo.

    http://leitecombiscotos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Tenho uma vontade enorme de ler algo da Jojo, ainda não li, mas tenho muita vontade. Só ouço que seus livros são carregados de sentimentos, de amor, e de delicadeza...
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, eu li "A Última Carta de Amor" da Jojo Moyes um tempo atrás e gostei bastante da história e da narrativa. Até agora eu só li resenhas positivas sobre "Como eu era antes de você" e isso está aumentando cada vez mais a minha vontade de ler o livro. Gostei de saber que é um romance realista e que o casal foi comparado com a Emma e o Dex.

    ResponderExcluir
  9. Oii Jennifer!
    Confesso que ao terminar de ler a sinopse já estava encantada com o livro. Depois da sua resenha então, já virou prioridade na minha listinha de compras. Não tenho nada contra clichês, mas adoro quando um livro se sobressai, conta uma história de um jeitinho diferente. Fiquei realmente curiosa para ler.

    Beijos,
    pitadadecultura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oie Jennifer =)

    Estou com esse livro em ebook e morrendo de vontade de passar ele na frente dos outros. Até agora não li um resenha negativa, ao contrário esse livro parece ser uma unanimidade entre todo mundo rs...

    Adorei a resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  11. Amei, eu gosto de livro assim, digamos que mais realista. Me encantei
    To seguindo aqui e curti a fan Page flor, pode retribui?
    Blog: http://ingridegoes.blogspot.com.br/
    Fan page: http://goo.gl/hNmEGx

    ResponderExcluir
  12. Oi Jennifer, tudo bem?
    Eu tenho muita vontade de ler esse livro,e a cada nova resenha que leio essa vontade só aumenta. A premissa me lembra um pouco do filme Os intocáveis, que eu gostei de mais. Espero poder ler em breve.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  13. Oi Jeniffer!
    Eu sou meia com o pé atrás quando se trata da Jojo, porque embora ela seja maravilhosa e nos encante do início ao fim, eu tenho receio de voltar a ficar perdida no livro dela.
    Eu li "A última Carta de Amor", super recomendo ela, mas como ela fez o livro mesclando dois tempos fiquei completamente aturdida perante a estoria, mas fico feliz de receber boas recomendações nesse novo livro dela, que embora eu esteja meio 'cabreira' também estava sentindo uma curiosidade em saber o que viria.
    Obrigada pela resenha, foi incrível a forma como você descreveu e parece realmente ser um livro fantástico. Deixarei na minha lista para próximas leituras!

    Suicídio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada você por um comentário tão bom *_*

      Excluir
  14. Eu sempre morri de vontade de ler ele, mas ainda não tive oportunidade.
    E depois da sua resenha, a vontade só aumentou.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  15. Já tinha lido uma outra resenha a respeito, aparentemente é uma história bem intrigante.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. E este é um dos livros que chegaram pelo correio esta semana, comecei a ler e não consigo parar, é envolvente e a cada capítulo consegue nos deixar mais curiosos a respeito de como irá se estruturar a relação entre as personagens.

    Adorei a resenha, Jeniffer. Beijos :*

    eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Acho uma combinação perfeita, uma história com drama e romance.
    Que no final se supera tudo, gosto muito disso.
    Não tinha ido muito com a "cara" desse livro, mas sua resenha me fez mudar de opinião. :)
    Resenha #133 - A Redenção de Gabriel - Gabriel's Inferno - Livro 3 - Sylvain Reynard.
    Confere lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
  18. Pela sinopse parece um livro bonitinho.
    Gostei da dica, Jeni :)
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  19. Drama e romance, são dois gêneros que caminham tão bem, é quase impossível não se ler algum livro, quando os dois estão juntos.
    Amei a sua resenha, eu já tinha lido uma resenha do mesmo e tinha amado, quero ler esse livro!

    XOXO :D | Joven Clube }

    ResponderExcluir
  20. PRECISO desse livro pra ONTEM. *------------*
    Lembrei-me do filme "Intocáveis". Não é romance, mas é um filme sobre um tetra também e um cara que tem uma vida totalmente diferente da do tetra rico, mas amargurado pelo passado e por sua atual condição física. Os dois aprendem muito um com o outro e conseguem visualizar a vida por outros ângulos, mais esperançosos e felizes. É um filme que ficou marcado na minha memória e na lista dos meus favoritos do Filmow.
    Eu quero muito ler esse livro da Jojo. Deve ser imensamente contundente, emocionante, dilacerante, mas lindo. Poxa, eu quero. Me dá? (risos)

    Um abraço!

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  21. Aniosa por mais adaptações.
    Eu não tinha me interessado pelo livro. Essa é a primeira resenha que leio dele e nossa, quero ele para mim, sem mais.
    Parece realmente ser um livro tocante. Diferente e estou amando os do estilo que li.
    Espero encontrá-lo para ter a minha própria opinião. Lembrei do filme Conduzindo Mrs Daisy mesmo que no fundo não tenham nada a ver. Exceto pela parte de que a amizade de ambos parece surgir com o tempo.


    Beijo,
    Larissa

    - Vitamina de Pimenta -

    ResponderExcluir
  22. Amo esse livro de paixão, ele mexeu comigo de um jeito que poucos fizeram. É lindo, tocante e me fez repensar a respeito de milhares de questões da minha vida. Mas acima de qualquer coisa, ele me fez chorar todas as lágrimas que eu tinha guardadas haha
    Ótima resenha, beijos.

    www.1blog-2girls.blogspot.com

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo