24 janeiro 2014

Resenha - Trilogia Jogos Vorazes

Nome: Jogos Vorazes, Em Chamas, A Esperança
Autor(a): Suzanne Collins
Editora: Rocco
Sinopse de Jogos Vorazes: Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?

Como começar uma resenha de uma trilogia já tão comentada e resenhada em tantos outros blogs por tantas outras pessoas?! Senti a necessidade de escrever esta resenha, mesmo sabendo do quanto já foi comentado sobre ela, pois não foi uma mera trilogia de livros que conclui a leitura, foi ‘A’ trilogia de livros que me arrancou tantos suspiros, sustos, lágrimas, gritos até, por estar lendo algo surpreendentemente melhor do que eu já esperava. A trilogia Jogos Vorazes foi tão intensa e marcante, em diversos sentidos que posso pensar que não pude deixar de escrever sobre ela, por achar ser um pecado deixar de comentar sobre algo que me marcou tanto.
Katniss Everdeen vive junto com sua mãe e sua irmã no Distrito 12, assombrado pela quantidade escassa de comida e água, mais um dos Distritos controlados pela Capital, aonde vivem os mais bem afortunados do país, aonde acontece os Jogos Vorazes. Jogos esses que ocorrem todo ano, onde um menino e uma menina de cada distrito são levados à Capital para disputar com os outros escolhidos e sobreviver ao massacre, sendo um único vencedor.



Não quero me ater a escrever sobre a estória em si dos livros, pois acredito que a maioria já conhece ou pelo menos ouviu falar. Sobre o que realmente quero escrever é o quanto essa trilogia merece destaque na estante de qualquer leitor, não só daqueles que amam livros distópicos ou com fantasia, até os que preferem um drama ou livros com relatos próximos da realidade, também podem gostar de Jogos Vorazes. Pois os livros não falam apenas de uma garota levada aos Jogos Vorazes junto com um velho conhecido que acaba o conhecendo melhor por lá e que juntos, fazem a diferença num ambiente em que se encontram todos encurralados e subestimados a um único poder vigente. Pelo contrário, Jogos Vorazes, Em Chamas e A esperança trata sobre muitos outros assuntos, relevantes não só aos jovens, mas também aos adultos e crianças de nossas sociedades.
A política do pão e circo está mais do que exposta em todos os livros, a crítica imersa nos Jogos Vorazes como entretenimento aos cidadãos da Capital, como uma ‘correia’ que prende os outros distritos e os lembram do poder que a Capital exerce sobre eles é algo inevitável de se entender. A trama da trilogia nos leva a um mundo não muito diferente do que vivemos atualmente, não só visando nosso país, que tem como o futebol e carnaval tal política de pão e circo, mas visando globalmente, onde um só país contém tanto poder, financeiro e bélico, que exerce essa correia nos outros países, de formas diferentes, é claro.
O enredo não só fala sobre críticas e uma visão diferente, mas ao mesmo tempo comparativa com nossa realidade. Lógico que ainda temos os assuntos mais vistos nos outros livros, como amor, amizade, lições pessoais, evolução (ou retrocesso) como seres humanos. Collins soube realizar a junção de vários assuntos, dos mais ‘banais’ aos mais sérios em seus três livros de uma forma única, talvez, e com certeza brilhante.
Todas as cenas e passagens dos livros onde falavam sobre como Katniss, Peeta, Gale, Hamitch e tantos outros agiram em determinadas situações não me escapa à memória. Em situações de riscos, o que era prioritário a cada um? O que suas histórias pessoais influenciaram em suas decisões? O que seus sentimentos e ‘fraquezas’ os obrigaram a cometer certos atos? Como tantas pessoas foram subjugadas, traídas e alienadas por atos simples, mas bem planejados e impostos?! E, principalmente, o quanto isso chega a ser familiar para todos nós?!
Essa é uma resenha de uma leitora que acaba de terminar a trilogia com um ‘maravilhamento’ em relação à obra de Suzanne Collins ao qual nem mesmo ela sabe traduzir o que significou tal leitura, ou seja, perdoem se acharem algo sem sentido ou sem coerência em minhas palavras.

Jogos Vorazes – A trilogia me conquistou do começo ao fim, mesmo após eu tendo assistido aos dois primeiros filmes antes de realizar a leitura dos livros, não consegui deixar de me impressionar a cada nova página lida.
Katniss me irritou bastante durante todos os livros, o quanto eu torcia para ela fazer tal coisa e a dita cuja ia em direção oposta ao que achava ‘certo’ dela fazer. Peeta me conquistou desde o começo e Gale, bem, ele me pareceu útil desde o começo também (risos). Hamitch, Cinna e até Effie foram marcantes para mim. Assim como Prim e a mãe de Katniss, e claro, não podemos esquecer Buttercup, o gato mais inteligente de que já ouvi falar.
Narrando de uma forma magnífica, Collins me tirou o fôlego do começo ao fim. E A esperança foi um desfecho tão, tão, tão diferente e imprevisível do que pude imaginar que estou sem palavras ainda para defini-lo.
Enfim, não querendo me prolongar tanto, posso dizer que assim como os livros, os filmes não me decepcionaram até agora. O que é ótimo, pois traz a um maior público essa obra tão bem feita e tão inesquecível. Aos que ainda não leram, por favor, dêem uma chance a essa trilogia; não se preocupando em ser ‘modinha’ ou não, vale muito à pena ter os livros em mãos e apreciá-los.

32 comentários:

  1. Eu adoro esses livros, eles me conquistaram totalmente. A trama é muito boa, e mesmo que eu ache uma ou outra coisa desnecessária, no fim, tudo ficou de acordo com a história que a autora contou.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Gostei dos filmes, mas nunca li os livros, quem sabe um dia leio. Gostei da resenha.
    Bjs
    www.borboletamaquiada.com

    ResponderExcluir
  3. Eu sou completamente apaixonada por essa trilogia, um livro mais perfeito que outro.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, os livros realmente conseguem se superar a cada novo livro da trilogia <3

      Excluir
  4. Jennifer, concordo, concordo e concordo. Mas a Katnip fazia o que eu queria sim, aliás, foi um personagem que eu me identifiquei demais (em especial pelos pensamentos). E quando não era igual a mim, ela era do jeito que eu esperava que ela fosse.

    Peeta é um amor gigantesco. Aliás, acho que eu deveria dizer que eu Peeta alguém, porque esse menino é o amor em forma de personagem.
    Que bom que você também gostou tanto!

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah, não consegui me identificar muito com a Katnip.rs Realmente ela me irritou algumas vezes, mas ainda gosto da personagem <3 haha'
      Peeta é um lindo mesmo *O*

      Beijos

      Excluir
  5. Realmente! Faço minhas as suas palavras. Eu senti exatamente isso quando terminei a trilogia. A Esperança foi o meu preferido, sem dúvida. O desfecho foi tão incrível... Chorei, me emocionei, ri, e me irritei bastante com a Katniss também kkkkk
    Mas a pior morte pra mim foi da Prim :( sério, eu adorava muito ela.
    E virou modinha sim, mas se não fosse bom, tantas pessoas não estariam interessadas, não é mesmo?
    Recomendo fortemente pra todo mundo mesmo.
    Sucesso pro teu blog!

    www.expressodenarnia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Esperança foi muito surpreendente e de uma forma muito boa *O*

      Excluir
  6. Lembro que quando assisti o primeiro filme não gostei muito, porém estou curiosa desde então a respeito dos livros e do segundo filme. Acho que vou dar uma chance sim.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é de agradar a todos, tanto os livros como os filmes, mas vale à pena dar uma chance à eles ;}

      Excluir
  7. Essa é um série que tenho um carinho muito grande, desde que assistir o primeiro filme. Ou seja, ainda não li os livros, mas a obra cinematográfica já me proporciona uma paixão e uma opinião sobre ela muito forte. Estou com grandes expectativas pelos livros, que pretendo começar a ler dentro de alguns dias, e verdadeiramente acredito que será um leitura muito marcante.
    Gostei da sua resenha Jenny, estava esperando muito por ela. =D
    Um grande abraço,

    Jônatas Amaral
    alma-critica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jônatas! Que pecado você ter todos os livros em casa e ainda não tê-los lido u.u Espero que goste tanto quanto eu dos livros <3

      Excluir
  8. AMO esses livros, estão favoritados (só não Em Chamas) e sinto saudades da série, principalmente do Peeta.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muito de Em Chamas, aliás muito mesmo.rs Mas enfim, que bom que gostou também da trilogia *_*

      Excluir
  9. Acredito que Jogos Vorazes seja a minha trilogia favorita. O que eu mais gosto nos livros, além dos personagens e do enredo, é a crítica da autora sobre diversos pontos da sociedade atual. Mesmo sendo um livro ambientado no futuro, tudo é muito presente nos dias de hoje. Incluindo a política do pão e circo que você comentou e a censura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a crítica envolvida em todos os livros é o que me agradou e muito também ><

      Excluir
  10. Você só me deixou com mais vontade ainda de ler esses livros: eu sou LOUCA pra comprar essa trilogia, sou louca pra ter os três livrinhos na minha estante e to ficando louca por não ter conseguido compra-los. Eu quero muito ler, ainda mais depois dessa sua resenha e dos comentários de uma amiga, me deixou muito curiosa! Ai mds :o Espero conseguir compra-los em breve.
    Ótima resenha.
    http://www.diarioruivo.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estava doida para tê-los em mãos antes de comprarem pra mim <3 haha' Mas espero que em breve você também os tenha e aprecie essa grande obra da Suzanne ><

      Excluir
  11. Sem palavras sobre sua resenha, devo confessar que li e reli.
    Bom, Jogos Vorazes é uma saga que tenho muita vontade de ler, mas ao mesmo tempo fico receoso, por muitas resenhas dizerem que o ultimo livro é meio decepcionante. Mas agora me encontro mais em dúvida...
    Até mais.
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelos elogios para a resenha <3
      Também ouvi dizer que o ultimo livro decepciona, mas comigo foi totalmente diferente, pelo contrário, superou minhas expectativas ><

      Excluir
  12. É o tipo de livro que você lê, vai dormir e depois fica pensando na história muito tempo depois de ter terminado e se vê com lágrimas nos olhos ao lembrar de certo trechos, se vê pensando em como seria de fato se isso fosse real. Um jogo mortal para entreter a população? Algo bem mais letal do que um BBB da vida. Eu amo demais essa trilogia assim como você, falando nisso, quero reler esse ano kk
    já me fez ficar pensando de novo Jenn rsrs
    Um beijo!
    www.interruptedreamer.com - Pâm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só não releio ainda esse ano por que terminei a trilogia no começo dele! hahaha' Mas espero reler um dia, por que realmente é uma trilogia inesquecível <3

      Excluir
  13. Jenni!
    Ainda não tive a oportunidade de ler a trilogia, mas depois de tantas críticas que acabei de ler nessa postagem, sinto que eu PRECISO devorá-los. Ganhei os 3 em um sorteio e estou ansiosa para que cheguem logo ><

    Beijinhos, boa semana =)
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nhaa, eu no seu lugar ficaria muito ansiosa *O* Que sorte ganhar a trilogia em um sorteio <3

      Excluir
  14. Oi flor!
    Eu acho que sou a única no mundo que não gostou da história. Eu comecei a ler esse livro e na metade já me deu vontade de largar. Acho que porque eu não consigo aceitar que 24 crianças (são 24 né? KKK ) então, se matem e todo mundo ache isso meio que normal (a galera lá que organiza) :/
    Esperoq ue esse ano eu possa dar uma chance pra série completa.

    Abraços,
    Marinah | Blog Marinah Gattuso
    Não deixe de acompanhar a nossa FanPage
    Conheça a loja O Céu de Laura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah, realmente não tem como agradar a todos, né. Te entendo perfeitamente ><

      Excluir
  15. Oie Jenny
    amo essa trilogia. Quando li ainda não era febre, e não tinham muitas resenhas, então não sabia bem o que esperar, mas me surpreendeu muito. Desde JV e Destino, não consigo abandonar as distopias rs
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Distopias são lindas, né? *O* Depois de muitos lançamentos, achei meio repetitivo tantas distopias por aí, mas JV vale muito à pena ;}

      Excluir
  16. Oi Jenifer, gostei muito da resenha, me fez querer ler os livros mais do que já queria.
    já assisti os filmes mas to tentando arrumar alguém que me dê os livros hahah porque eu sei que é bem melhor.

    Parabéns pelo blog, beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah, que bom que sua curiosidade foi despertada mais ainda. Espero que consiga logo os livros >< rs

      Beijos

      Excluir
  17. Queria tanto ler, mas bate uma preguicinhaa depois que ver o filme. Assim aconteceu com o Um Dia, faz um ano que comprei o livro e ainda nao consegui ler.
    Beijos Jeniffa

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo