10 janeiro 2014

Resenha - Por isso a gente acabou

Nome: Por isso a gente acabou
Título original: Why we broke up
Autor(a): Daniel Handler
Editora: Companhia das Letras
Onde comprar: Compare preços
Sinopse: Por isso a gente acabou trata, com a comicidade típica do autor, de uma situação difícil pela qual todos um dia irão passar: o fim de uma relação amorosa e toda a angústia, tristeza e incerteza que essa vivência pode gerar. Min Green e Ed Slarteron estudam na mesma escola e, depois de apenas algumas semanas de convívio intenso e apaixonado, acabam o namoro. Depois de sofrer muito, Min resolve, como marco da ruptura definitiva, entregar ao garoto uma caixa repleta de objetos significativos para o casal junto com uma carta falando sobre cada um desses objetos e do episódio que ele representou, sempre acrescentando, ao final, uma nova razão para o rompimento. Essa carta é o texto de Por isso a gente acabou, que é, assim, carregado de um tom informal e tragicômico - características da personagem - e traduz com um misto de simplicidade e profundidade a história de uma separação. Imerso neste universo adolescente, o leitor conhecerá a divertida personalidade de Min, uma garota apaixonada por filmes cujo sonho é ser diretora de cinema, e as idas e vindas deste romance, desde o dia em que os dois conversaram pela primeira vez até o instante em que tudo acabou. A artista Maira Kalman, autora de diversas capas da revista The New Yorker, ilustrou cada um dos objetos da narrativa, trazendo cor e descontração a esta história dolorida.

Por isso a gente acabou era um dos livros mais desejados da minha estante no Skoob. Desde a primeira vez que li uma resenha sobre ele me interessei não só pela estória que o livro traz, mas também (e principalmente, confesso) por ele conter ilustrações. O que dizer?! Sou apaixonada por ilustrações, quaisquer ilustrações em livros me encanta e já fico interessada nos que eu conheço que contém algum tipo de desenho. E bem, estava com altas expectativas com esse livro. Pensei que iria demorar ainda para lê-lo por ser da Companhia das Letras, uma editora não muito acessível pra mim ($$$), mas em uma promoção nas Lojas Americanas pude comprá-lo e finalmente tê-lo em mãos.

Que lindo!

Nem tem como prolongar-me na estória que o livro traz, é sobre Min escrevendo uma carta ao seu ex, Ed Slaterton, junto com todos os objetos que fazem parte de cada momento significativo do namoro, e ela explicando através de cada objeto o motivo deles terem terminado. 

E é isso. É só isso. Mas não é só isso. É mais do que isso. (Me influenciando pela narrativa de Handler).

Por isso a gente acabou tem uma narrativa assim, meio confusa, às vezes, é em primeira pessoa então a Min (abreviatura de Minerva. Ela explica o por quê do seu nome no livro, leiam) narrando os fatos, do seu jeito, do seu modo travesso, irônico, confuso e algumas vezes bobo, sobre seu namoro, sobre seus amigos, sobre ela mesma e principalmente sobre os filmes antigos que tanto a fascinam. E a lhe definem; por que Min sempre pensa em algum filme antigo para comparar à situação em que ela retrata. O que pode agradar no começo por ser algo diferente e interessante, mas que pode irritar depois de tantos filmes e atores desconhecidos por justamente serem desconhecidos e por dar essa sensação de não entender o que está sendo narrado.

Além disso, ainda tem o fato do namoro em si irritar e muito. Ed não é 'adequado' para Min, digamos assim. O termo 'adequado' não é o certo, mas é o que encontrei no momento. E não é por que o nome do livro já diz muita coisa, mas logo no começo já sabemos que esse namoro não daria mesmo certo. Por quê? Ed é um idiota. E pra quem não acredita nos filmes da Disney em que o esportista popular se apaixona perdidamente pela menina nerd e muda completamente seu caráter, sabemos que Ed continuará sendo um idiota.

Mas não irei me prolongar em dissertar mais sobre esse livro. Já deu pra perceber que ele realmente 'mexeu' comigo. Por mais que não me encontre em situação semelhante à de Min, acredito que todo mundo já passou por essa fase de gostar do 'alguém errado' e sofrer aquela grande decepção. E eu já passei por isso, o que me fez entender Min, entender o livro, entender suas revoltas e dramas que parecem bobos para alguns, mas que já tivemos em alguma época.

Talvez um ponto em que poderia ter mais aprofundamento seja o da relação de Min com Al (seu melhor amigo) e a relação de Min com sua mãe, que tanto a irrita. Mas entendo o não aprofundamento pelo livro tratar apenas de um término de relacionamento.

Enfim, as ilustrações dão aquele toque à mais ao livro, aquele toque que amo. Por isso a gente acabou talvez seja o primeiro livro que leio da editora Companhia das Letras (Muito cobiçada por mim com seu catálogo recheado de livros interessantes) e foi um ótimo começo. Vale à pena para quem entende o que é o término daquele romance fadado à terminar, mas que insistimos em acreditar que irá dar certo. Ou pra quem, assim como eu, ama ilustrações e narrativas pessoais com dramas juvenis e personagens interessantes.

25 comentários:

  1. Olá,
    O livro me chamou bastante atenção. O achei complexo de certa forma, por mais que pareça tratar de um assunto recorrente e já previsível pelo titulo, como você mesmo disse. Já aprendi qie o simples e corriqueiro sempre pode ser/é complexo... e foi isso que essa resenha me fez entender sobre este livro, que quero, então, muito ler.
    Creio que seja muito bonito de ler, cativador... Entendo eu.

    Great Review Jeniffer.

    Jônatas Amaral
    alma-critica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cativa e muito e te faz rir em algumas passagens, enfim, é um livro que me envolveu muito ><

      Beijos

      Excluir
  2. Parece ser realmente bom. Quero muito ler.
    bjs
    www.borboletamaquiada.com

    ResponderExcluir
  3. Oie :)

    Eu não conseguir dar andamento com a leitura desse livro e me peguei o abandonando em apenas 2 dias. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. kjhakshkas. Que resenha fofa. Bom, eu nunca tinha ouvido falar dessa editora. Companhia das Letras, devo ser porque é $$$ demais. kahskjhakjs. O livro é realmente interessante, simples, como os que eu gostaria de ler.

    ACESSO PERMITIDO. <3 @Nerdisbetter
    http://acessopermitidoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Companhia das Letras tem muitos livros bons e interessantes, procure saber mais *_* Mesmo sendo um pouco caros, vale à pena ;}

      Excluir
  5. Eu gostei muito desse livro e concordo bastante com a sua resenha. Gostei muito como o Ed não mudou a sua personalidade, porque é muito raro na vida real um menino passar de idiota para príncipe como nos filmes. As ilustrações são lindas e agora eu fiquei com vontade de reler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fiquei *O* Pena que já tenho tantos outros para ler,rs. Mas relerei esse livro talvez esse ano, é muito bom ><

      Excluir
  6. Já tinha ouvido falar sobre este livro, mas só agora me senti interessado pela história. Parece um livro simples, e ao mesmo tempo envolvente. Que resenha legal, você pois bem mesmo o que sentiu ao ler, e o que achou após ler sobre o livro.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada ><
      O livro traz sim uma leitura envolvente <3

      Excluir
  7. Olá, Jennifer, tudo bom?

    Tenho certa vontade de ler esse livro. Parece ter um assunto "tanto batido", mas pela sua resenha, tem uns pontos que me fizeram mudar de ideia. Apesar disso, tenho que concordar com você: os livros da Companhia das Letras são realmente caros, e só mesmo em promoções ou em sebos para conseguir adquiri-los! Quando surgir a oportunidade, com certeza lerei!

    Abraço,
    Lucas
    ondeviveafantasia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro tem um tema batido, mas a forma como foi escrita não é, pelo contrário, é totalmente diferente ;}

      Beijos

      Excluir
  8. Esse livro precisa ser meu. AGORA! Esse lance de um livro fazer referencias à filmes/artistas/qualquer outra coisa que não sejam reconhecidos implicam bastante na hora de ler, só que geralmente são ótimas referencias (se o livro é bom, claro!).
    Estou de volta Jenny, mas agora com o Segredos Que Guardei.
    EU NUNCA CONSIGO ME DECIDIR COM UM BLOG! Afs
    Beijinhos.
    sqguardei.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As referências irritam por que você quer saber todas elas! haha'
      Que bom que voltou *O* Em outro blog ou não, é sempre bom te ter de volta <3

      Beijos

      Excluir
  9. Faz tempo que eu quero ler esse livro, desde que eu vi um vídeo da Pam do Garota it falando sobre ele, a Pam se emocionou falando do livro e isso fez com que eu me interessasse por ele.
    Aliás, parabéns pela resenha.

    Beijokas da Mylloka :*
    http://myllokasecret.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, que linda a blogueira se emocionado *_*
      Obrigada <3

      Excluir
  10. Hum, há tempo que vejo o povo fazendo resenhas desse livro, mas não consigo me interessar (mesmo com as ilustrações... é, também adoro ilustrações), porque o tema em si não me instiga. Penso que acharia uma leitura maçante. Prefiro dar prioridade a outros livros. E, cara, a maioria dos livros da Companhia chama a atenção, mas são bem carinhos (risos).
    Beijo!


    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo você dar prioridades para outros que te interessam mais, Erica >< Ah sim, com certeza os livros da Cia das Letras são um pouco mais caros que a maioria, mas são tão interessantes! rs

      Excluir
  11. Sou doida pra ler esse livro, já baixei ele 500 mil vezes e nunca consegui ler, parece ser tão perfeito.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é mesmo! Espero que consiga ler em breve.

      Excluir
  12. Gostei bastante da sua resenha, nunca tinha reparado muito nesse livro. Agora vou lê-lo assim que tiver oportunidade!!

    http://livrosobaluzdalua.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu já tinha muita vontade de ler esse livro, agora então...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom *_* Ele é realmente interessante <3

      Excluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo