21 janeiro 2013

Resenha - Eu, o desaparecido e a morta

Nome: Eu, o desaparecido e a morta
Original: Finding Violet Park
Autor(a): Jenny Valentine
Editora: iD
Onde comprar: Compare Preços
Sinopse: Ter um pai 'desaparecido' já é uma situação perturbadora, mas a vida de Lucas se complica de verdade quando ele encontra Violet Park - ou melhor, a 'morta' - em uma decadente agência de táxis durante a madrugada. Aquele com certeza não era lugar para uma senhora falecida, e ao buscar um final menos deprimente para os restos mortais dela, Lucas vai descobrir muitas coisas sobre si mesmo.

Eu, o desaparecido e a morta foi um livro que me despertou interesse depois d’eu ter lido uma resenha no blog Sobre mim e meu mundo. Li a resenha e achei diferente a proposta do livro e pedi de cortesia á editora iD. Ele é realmente diferente, nem tão bom nem tão ruim, só, diferente(usei bastante a palavra ‘diferente’).
Lucas Swain tem 16 anos e num dia qualquer, ás cinco da manhã e cansado para caminhar, foi até uma agência de táxis e é lá que encontra Violet Park. A avista, pelo menos. Ela já estava em cinzas, numa urna. E Lucas se fascinou por essa urna, por Violet Park e por algo que ela queria lhe dizer, pelo menos é o que ele achava.

O desaparecido é seu pai, que desapareceu á cinco anos atrás e deixou sua família sem dizer o porquê e continuou assim, um certo mistério sobre sua ida sem volta; só Lucas parece se importar mesmo com esse desaparecimento, ele venera a figura de seu pai e idealiza sempre sua volta; até se veste como ele para não perdê-lo fácil da memória.

E não, essa não é uma estória sobrenatural. Tem uma morta sim, e um garoto bem estranho por sinal, mas esse livro aborda um assunto mais real, mais significativo, de uma forma diferente e até estranha.
Gostei da estória, gostei de Lucas e de seus avós, e a leitura fluiu bem, foi rápida até. Lucas e a veneração com seu pai desaparecido me irritou um pouco. Seu pai se foi e ele não percebe o quanto o resto de sua família (irmã, irmão e mãe) também sofre com isso, é o típico adolescente que pensa que seus problemas são os mais importantes e os piores que existe. Violet Park é também interessante, Lucas descobre mais sobre ela ao longo da estória, o ponto alto da trama.

Enfim, a diagramação me agradou, a numeração dos capítulos é com caveirinhas e as páginas trazem um ‘fundo’ ambientado na idéia do livro. Não encontrei erros gramaticais e a leitura foi rápida. O final foi o que eu esperava, mas não decepcionou muito. Recomendo àqueles que desejam ler sobre gostos estranhos e tramas diferentes.

22 comentários:

  1. Ah, o blog voltou? *-*
    To filix :D
    Eu nunca ouvi falar nesse livro. Parece legal, mesmo.
    Mas tenho uma lista de uns 20 livros aqui para ler, e agora? rs

    - Vitamina de Pimenta -

    ResponderExcluir
  2. Gostei dos gostos e estranhos e tramas diferentes. Acho que irei tentar.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi :)

    Eu já tinha ouvido falar desse livro uma vez no canal da Pam eu acho não me lembro muito bem , e ela disse que não tinha gostado muito mais eu fiquei com ele na cabeça tentando lembrar o nome , quando vi sua resenha fiquei tão feliz , agora que sei sua opinião vou comprar o livro dia 08 ! Beijos .

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu sempre tive uma curiosidade enorme em relação ao título desse livro. Agora que eu li a resenha deu pra entender um pouco do que se trata. Eu jurava que era algo sobrenatural!rs
    Sei lá, não me interessei muito não. Acho que vou ficar com raiva do personagem principal por ele achar que seus sentimentos são mais importantes do que os dos outros.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Primeira vez que ouço falar desse livro, parece-me muito interessante, diferente, como você disse! hahahahhshas :3

    Acesso Permitido, retribui?

    ResponderExcluir
  6. Ótima resenha. Gostei muito da dica dessa vez.
    Mas tô na mesma situação da Larissa tenho uns 50 livros pra ler hehehe.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  7. Fiquei realmente muito afim de ler esse livro, de verdade. Vai entrar para minha lista de livros que eu quero ler/ter inexistente, que eu vou criar nessas férias, haha(só tenho listas dos livros que eu li, por ano- desde 2011). E não, não tenho ideia de porquê comecei a falar de listas... hsua
    Beijos♥

    http://menina-do-sol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oii!!
    O livro parece ser interessante, mesmo que seja diferente'[kkkkk]. Mas ainda assim não despertou o meu interesse ou anseio pela leitura.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Jeniffer, eu tenho gostos bem diferentes para livros, o que me leva a crer que gostarei desse. A propósito, desde que uma colega de sala com ótimo gosto literário o leu e indicou, tenho vontade de conhecer a história mais a fundo.
    É muito inovadora, ao menos, não se pode negar.
    Beeijo!

    ResponderExcluir
  10. Nossa, me chamou muito a atenção essa resenha. Gosto de tramas diferentes e sou meio chata em relação à diagramação de livros. Esse 'fundo' que você falou parece ser legal. (:
    Pelo que você escreveu, provavelmente ficarei com raiva do Lucas, mas eu gosto desses livros que mexem comigo de alguma maneira, seja os que incitam minha revolta, ou os que emocionam. rs' Enfim, gostei, vou procurar para ler. (:
    Beijos!
    http://perolairregulaar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Parece ser bom, mas não sei se é o tipo de livro que eu gosto de ler. Mas eu gostei da resenha, me deixou com vontade de ler.
    my-history-restarted-again.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Que legal que o blog voltou!!! Nunca tinha visto nada sobre esse livro, mas também não parece ser tão interessante assim, mesmo sendo diferente.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  13. Sinceramente, esse livro não me atraiu nem um pouco. Mesmo a sua resenha sendo positiva, ainda assim surgiu um desapontamento. Julguei a estória diferente do que é, mas assim como o livro funcionou com você, é possível funcionar comigo também.
    Beijos
    clandestina-a-bordo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Apesar da diagramação, que normalmente pra mim conta muito não ser tãaao bacana eu leria esse livro sim. É uma leitura que transcorre rápida e o tema também me agrada. Foge um pouco das histórias comuns.

    ResponderExcluir
  15. O título e a capa me foram bem convidativos, mas pelo que tu falou do Lucas eu não iria gostar muito dele. Apenas louca pra ver a diagramação do livro.
    Ah, jeny, te indiquei um meme, caso queira fazê-lo tá aqui: http://mineentrelinhas.blogspot.com.br/2013/01/campanha-de-incentivo-leitura.html

    ResponderExcluir
  16. Não sei, eu achei que a história seria algo diferente, não fiquei muito interessada :T
    Ninhada Literária

    ResponderExcluir
  17. Pelo que tu falasse do livro, não me empolgou muito a história...mas é a vida né! Nem vou dizer que não seja meu tipo de leitura porque tento ser aberta quanto a isso, mas cada livro é um e tem uns que a gente sabe que não vai gostar de ler. Beijos!

    ResponderExcluir
  18. será que ele esqueceu do pai no processo? fico imaginando se lidar com as cinzas de alguém morto não teve outro significado...o de deixar ir,sabe? um pai desaparecido é o mesmo que um pai morto. ele só deveria esquecer isso e seguir.
    Emilie Escreve ~ FanpageTwitter

    ResponderExcluir
  19. Eu amei tua reseeeeenha.O livro parece muito diferente meesmo,mas tudo depende da forma como o autor aborda a história e a escreve,né?! :)
    hihihiihih.Adoro seu blog,girl.


    Beeijinhos.
    http://borboletametamorfoseando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Ei Jenn!

    Eu tinha muita vontade de ler esse livro, mas pensei que fosse algo mais sobrenatural mesmo. Após alguns resenhas essa vontade foi desaparecendo e eu até parei de me culpar por não o ter trazido pra casa por R$10 da Bienal hahahaha

    Bjoos'
    Lets

    ResponderExcluir
  21. Eu gostei desse livro por que ele me surpreendeu, não esperava o real significado que ele transmite, achava que era mais uma história sobrenatural, eu fiquei tão chocada com o final, comparando a muitas coisas que vejo no dia a dia. Foi uma excelente leitura, e sim, Lucas é um garota estranho.

    bjk

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo