17 outubro 2012

Resenha - Selvagens

Nome: Selvagens
Original: Savages
Autor(a): Don Winslow
Editora: Intrínseca
Onde comprar: Submarino - Compare preços
Sinopse: Ambientalista e filantropo nas horas vagas, Ben comanda um negócio de venda de maconha em Laguna Beach. Ao lado de seu parceiro, o ex-mercenário Chon, ele fatura lucros consideráveis e mantém uma clientela fiel. No passado, quando seu território foi invadido, Chon tratou de eliminar a ameaça. Agora, porém, eles parecem estar diante de uma força da qual não podem dar conta: o Cartel de Baja, do México quer tomar a região e avisa que não irá aceitar uma negativa como resposta. Quando os dois amigos se recusam a recuar, o cartel reforça a advertência sequestrando Ophelia, companheira e confidente dos rapazes. O sequestro deflagra uma gama alucinante de negociações habilidosas e reviravoltas inacreditáveis, que deixarão os leitores ansiosos para descobrir o custo da liberdade e o preço de um grande barato. Uma engenhosa combinação entre o suspense carregado de adrenalina e a reportagem policial, Selvagens é um thriller alucinante, escrito por um mestre do gênero no auge de sua carreira.

Quando solicitei Selvagens de cortesia para a editora já sabia que seria uma leitura diferente, mais 'pesada' já por ter lido a sinopse, mas queria algo diferente mesmo e não me decepcionei com a escolha. Por mais que esse tipo de livro não traga um enredo que sempre me atraia ou que esteja entre os meus preferidos, a leitura foi muito boa, de um livro muito inteligente.

Ben e Chon são grandes amigos, compartilham o amor de O., na verdade, Ophelia. Eles são jovens, ricos, e tem personalidades diferentes: Ben o pacifista, o zen, o budista. Chon, ex-mercenário, cara de poucos amigos e que tem uma filosofia muito mais simples do que Ben. E O. a garota com tatuagens de golfinho, que não recebe aprovação e atenção de Rupa, Rainha do Universo Passiva-Agressiva, sua mãe, que não se chama assim na verdade. Eles, Ben e Chon, estão no mercado da venda de maconha, mas uma maconha diferente das demais, produto bom já que Ben é biólogo e entende do assunto; mas agora precisam enfrentar o Cartel de Baja, do México que pretende fazer 'negócios' com os dois e caso não ocorra um acordo, cabeças irão rolar. Literalmente.

Coisas ruins vão acontecer, a questão é saber quando. Deveriam bordar isso na bandeira.

Selvagens tem um enredo simples, mas com personagens nada superficiais e uma narração também nada superficial. A narração na verdade é bem simples, fora as referências que é contida ao longo da trama, que me deixou algumas vezes confusa por não entender, mas no geral, a narrativa é simples contendo muita informação, meio paradoxal?! Talvez.

Ao longo da narrativa conhecemos mais de cada personagem envolvido e também sobre o ambiente em volta deles. O autor parece nos explicar de uma forma bem humorada e várias vezes sarcástica a forma como tudo ali funciona. Em relação à venda de drogas, ao Cartel, ao negócio de Ben&Chon, à fronteira, ás diferenças entre americanos e mexicanos e nos faz ter uma leitura mais aprofundada sobre tudo isso, fazendo-nos ver de perto o que pode e está errado nisso tudo.

Não é um livro leve, mas em algumas partes é até divertido. Por incrível que pareça, no meio disso tudo, ainda encontramos 'romance', de um jeito diferente, claro. As reviravoltas em relação ao sequestro e ao o que os dois amigos precisam fazer para resgatar O. das mãos do Cartel é o ponto alto da trama e a apreensão é grande para saber como tudo isso irá terminar.

Enfim, Selvagens é mais do que recomendado a quem quer uma leitura diferente, inteligente e com ação, não de um filme hollywoodiano clichê. A edição está perfeita, a editora não deixa erros ortográficos e a capa com o cartaz do filme facilitou a leitura na hora de imaginar alguns personagens, não todos, claro. Dou ênfase à narração mais uma vez, é diferente de uma forma muito boa.
É um livro selvagem, sobre selvagens

23 comentários:

  1. Não é um livro tão recente, como as pessoas pensam. Quando cheguei na livraria, ano passado, ele já estava lá. Foi relançado agora por conta do filme. Folheei-o e li alguns trechos. Gostei da narrativa - bem diferente, como você citou, mas a história ainda não me envolveu, talvez por se tratar de um universo que desconheço plenamente. E por ter uma garota no meio. Sempre.
    A garota é a Blake Lively (estou escrevendo certo?), não é? Mas está A FUÇA da Shakira na capa do livro/cartaz do filme.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Tenho curiosidade pelo filme e livro.
    Não curto essa coisa de biólogo vendendo maconha (já temos fama suficientes por uma eternidade). Mas curto muito isso de livros que se concentram mais nos personagens que na trama.

    Vou conferir.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Tô curiosa por esse livro... gostei da sinopse quando li e é bom saber que a narrativa flui bem!

    ResponderExcluir
  4. Oi

    Parece um livro diferente, mas eu fiquei com vontade de ler! Ótima resenha :)

    ResponderExcluir
  5. Adorei saber mais sobre esse livro, pretendo ler o livro e ver o filme também!

    beijos

    Jéssica - Strawberry de livros e filmes

    ResponderExcluir
  6. Não gosto desse tipo de livro, mas parece interessante ;)

    ResponderExcluir
  7. Oi Jeni, acho a capa de Selvagens tão bonita, mesmo sendo a do filme :) e por ter uma história diferente tenho vontade de ler :)


    beeeijo
    Letícia - Céu de Letras

    ResponderExcluir
  8. Novidade para mim.Não sabia nem que ia virar filme de Hollywood. Legal hein?! Só é um pouquinho pesadinho, né? Mas tudo bem, se fosse por esse detalhe, clássicos como Laranja Mecânica nunca virariam famosos.
    Beijão <3

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho duvida se quero ler esse livro. Como você falou, quando li a sinopse já imagina algo diferente mesmo, e sua resenha confirma isso. Mas não sei se eu não abandonaria o livro >< As vezes tento ler algo diferente das coisas que estou acostumada e não consigo terminar.

    Beijos,
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
  10. Oi Jeniffer! Selvagens é o tipo de livro que eu não sei se leria. Primeiro que a sinopse não me atraiu; segundo, a história não me envolveu, não faz meu tipo de leitura, apesar deu ser sempre a do contra e gostar de livros que a maioria não gosta u.u Mas posso está errada.
    Assistirei ao filme e, se gostar leio o livro.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Euu gosto de livros diferentes... rs. Já anotei esse para leitura no futuro... :D

    Um beijo..

    ResponderExcluir
  12. meu deus! eu quero esse livro! mas estou sem tempo para ler, af! Ahhh amei muito essa resenha amor! lelusantos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Ei Jenn!

    A capa do livro me chamou muito a atenção, mas eu não sabia do que se tratava. Realmente parece uma história muito pesada, beeeem selvagem mesmo haha
    Mas eu gostei, leria com o maior prazer, sua resenha me deixou curiosa (:

    Bjoos'
    Lets

    ResponderExcluir
  14. Oii
    Eu adoro livros com reviravoltas e ação, então acho que vou gostar! Quero ler! :)

    Beijos,
    http://pitadadecultura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Já tinha ouvido falar no filme, mas não me interessei por achar q era mt pesado. Depois de sua resenha tive certeza, rs. Mas a sua resenha está mt bem escrita ^-^
    BJs, barbara-stardolleiras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Parece ser bem interessante , (:
    ~
    http://blogthelifeofgirls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Não sei se eu leria,não é muito uma leitura que me chama a atenção,mas gostei da história!
    Ha,e já estou seguindo,adorei aqui rs
    wolftheideia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi, Jenny.

    Parece legal, mas confesso que o que mais chamou minha atenção foi sua ênfase na narração. Acho que eu o leria para tentar descobrir o que há de tão bom nela, fiquei super curiosa mesmo. ;)

    PS. Em comemoração ao Dia Nacional do Livro e do meu aniversário, estou sorteando um exemplar de "Memória Marte" lá no blog.

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  19. Hey gemaaaa
    Quero pedir desculpa pela falta de visita aqui.
    Assim que der dou uma lida nas suas postagens, na minha ausência :(
    Bando de comentários atrasados lá no blog.

    Fiquei curiosa por esse livro, por causa do filme.. tem um elenco que adoro <3 taylor taylor :P

    Gosto de histórias fortes, e que legal que ainda tem um lado engraçado

    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  20. Quero, preciso, necessito desse livro.
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  21. Oi Jeni, tenho visto muitas resenhas do livro por aí, e ele parece ser bastante interessante. Eu não tinha tanta curiosidade pela história, mas esse fundo carregado e cheio de paradoxos, como você falou, tem me deixado com mais vontade. Não é uma das histórias que normalmente me fazem ficar louca para ler, mas tem seu potencial.

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Pelo que vc está dizendo, é bem diferente mesmo! Acho que eu me arriscaria a lê-lo também, as vezes é legal sair da rotina, né?!

    Xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Tô morrendo de vontade de ler!!! :)
    Bjs, Ruama.
    http://esquiloscorderosa-ruama.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo