27 setembro 2012

O jeitinho brasileiro malandro de ser


Brasileiro costuma muito criticar os políticos no governo, a frase mais dita, arrisco a dizer, é: 'Eles são todos ladrões'. Sim sim, nossos políticos, a maioria pelo menos, se houver uma exceção deve ser minoria, nos roubam de todas as formas possíveis. Mas será que todo brasileiro pode condenar esses políticos por roubo/furto?!
Todos já ouviram falar do jeitinho brasileiro, aquele jeitinho de conseguir coisas através de meios não muito lícitos, algumas vezes nada lícitos e de uma maneira bem mais fácil se fosse em busca da maneira correta.
É o jeitinho malandro do brasileiro de ser, que alguns se orgulham de praticar, que outros até querem disseminar  para os amigos para seguirem o mesmo caminho, o caminho fácil que não exige muito trabalho, é esse jeitinho que me faz odiar a grande parcela do povo brasileiro que o pratica.
A diferença entre um ladrão que assalta um banco e um cidadão que encontra uma carteira ou um celular de outrem e não devolve ao dono é só a arma que é usada pelo primeiro e a 'coragem' de dar 'a cara a tapa' num assalto à mão armada. O indivíduo reclama dos políticos corruptos, mas utiliza gratuitamente a internet do vizinho, faz ligação clandestina com a energia elétrica da sua casa ou até tenta burlar alguns procedimentos para obter alguma coisa. É o tal brasileiro malandro... A cara do país: O brasileiro que ama um futebol, bebe cerveja com os amigos no churrasco aos fins de semana e consegue tudo o que quer da maneira mais fácil possível sem ter que levantar a bunda do sofá.
É essa imagem que com certeza os estrangeiros tem de nós (infelizmente, eu também, mas sei que existem aqueles honestos e dignos de confiança) e é essa imagem e a pessoa que a concretiza, que eu tenho desprezo. 
Se eu tenho orgulho de ser brasileira?! Desculpa, mas não, pelo menos não totalmente. Não conheço  nem verdadeiramente nem totalmente a nossa cultura, e tão pouco costumo apreciá-la em sua totalidade. Se eu tenho orgulho do nosso país? Talvez. Nosso país (fisicamente falando) é lindo e traz uma história muito rica em suas antigas sociedades, mas essa história é carregada de mentiras, de falsas ideologias e heróis, de malandros e corruptos que eternizaram o tal 'jeitinho brasileiro'.
Eu prefiro demorar a conseguir o que eu quero, enfrentar 'n' dificuldades para tal do que ter que me igualar aos malandros existentes na sociedade brasileira. Não pregando um puritanismo falso; só que eu fui educada assim e agradeço por isso, nada melhor do que ir pelas vias honestas e ter razão naquilo que fala ou faz.
O brasileiro malandro nada mais é do que um ladrão disfarçado.

27 comentários:

  1. Super concordo com você Jen, ninguém é perfeito e acho ridícula essa mania de conseguir as coisas com malandragem. Custa batalhar para ter o que se quer? Tenho orgulho de ser brasileira, muito orgulho na verdade. Tenho orgulho da nossa literatura, dos nossos filmes (O Palhaço, Central do Brasil, Bicho de Sete Cabeças, Carandiru, Heleno, Tropa de Elite), da nossa música (Marisa Monte, Caetano Veloso, Lulu Santos, Carlinhos Brown, Cássia Eller, Cazuza) e de mais uma infinidade de coisas. Não tenho orgulho nenhum da nossa educação, da nossa saúde, do nosso sistema judiciário. O país precisa melhorar e muito, mas nós precisamos ajudar. Mudar um pouquinho ao redor e temos de começar dia 07 de outubro, escolhendo pessoas decentes e com a FICHA LIMPA.

    Beijos :)
    http://itgirl-sweet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe brasileiro honesto, só não existe político com esta qualidade.

      Excluir
  2. Concordo com tudo, mais ou menos... rs.
    Eu acho que o mundo inteiro é igual, todos os países, sem exceção alguma a regra... Radicalizei? E também acho que nacionalismo é algo ultrapassado. Hoje vivemos a globalidade, somos cidadãos do mundo. Um mundo cheio de desonestos, corruptos, ladrões e malandros, infelizmente.

    Um beijo.
    P.S.: Eu sou honesto... rs

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente tenho que concordar com você, nosso país tem sido consolidado em um alicerce de mentiras e corrupção! E infelizmente o jeitinho brasileiro de ser tem sido muito malandro... Mudar tal realidade parece tão improvável que preferimos contemplar toda a anarquia, e julgar aqueles que representam a sociedade. Isso é até um bom passatempo...
    Mas acho que a atitude de uns não qualifica a atitude de todos, como você ressaltou ainda existem poucas pessoas honestas no país. Confesso que me envergonho muitas vezes da condição política, estrutural e social do país entretanto minha vergonha não sobrepõe meu orgulho de ser brasileira. Acho que o Brasil tem todo potencial para melhorar e se colocar em uma melhor condição, entretanto isso requer muitas e muitas mudanças.
    Gostei muito do post, e da imagem acima é realmente muito representativa!
    Bjs, Ruama.
    http://esquiloscorderosa-ruama.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ótimo texto Jeniffer, parabéns!
    É muito fácil criticar e generalizar o "eles", tirando o "eu" da conversa. Quem usa de malandragem para "se dar bem" não tem o direito de exigir nada.

    Beijos,
    http://pitadadecultura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Você disse tudo, e soube se expressar de uma ótima maneira. A ilustração do post caiu bem como uma luva!! Parabéns pelo texto.

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Também odeio esse jeitinho brasieliro, não tenho orgulho de ser brasileira não, no exterior estamos muito mal falados, e os bons brasileiros que se esforçam, tomam o caminho estreito nem são reconhecidos, eu também fui criada para ter carater honesto e sempre fazer o que é justo!

    Con amore, Donna Yellow ♥

    maybe yellow store

    ResponderExcluir
  7. Concordo plenamente! Não tenho orgulho do jeitinho brasileiro e acredito que uma mudança nessa mentalidade de obter facilmente o que desejamos só traria melhoras para nosso país.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. não tenho orgulho do jeitinho brasileiro também! queria ter nascido na Califórnia!! HAHAHA Amei demais o post amor! lelusantos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Concordei tanto que nem sei.
    Brasileiro é engraçado, reclama, reclama, reclama e no fim bate na mesma tecla. Chega a ser chato e clichê. Sempre a mesma coisa e na mesma. Mas seria bom colocar umas boas melhorias nisso tudo, né? Rs.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Engraçado, eu já acho que a grande maioria dos brasileiros são trabalhadores e levam a vida de maneira decente, trabalham e pagam seu impostos, tanto é que conseguem sustentar um bando de político ladrão e empresário safado.
    Eu não tenho orgulho de ser brasileira ou curitibana, não sou bairrista, gosto do que é bom e das coisas boas de cada povo e lugar, consigo apreciar o que há de bom aqui e lá fora e sei que cada lugar tem coisas boas ou ruins, não gosto de generalizar.
    Concordo com vc quando diz que o jeitinho brasileiro é jeitinho de ladrão ;)
    Um ótimo final de semana!
    Bjus

    Rafa
    www.rafaelando.com

    ResponderExcluir
  11. Oi adorie seu blog,super legal &&criativo.
    Bjãoo,
    karenselajaalmiron.blogspot.com.pt

    ResponderExcluir
  12. Esse jeitinho é osso mesmo viu! Bom...pessoas reclamam demais de políticos corruptos, mas na verdade não sabem o que é corrupção. Afinal quando com o jeitinho brasuca...alguém cobra a mais, por exemplo, em uma compra e fica com o dinheiro é certo? Isso também é corrupção. Acho que independente de políticos e afins, temos que seguir o caminho certo sempre, com ética e buscar a evolução pessoal.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  13. Infelizmente tm muita corrupção aqui no Brasil mesmo \O/


    rockdeverdadeeatitude.blogspot.com/ bj

    ResponderExcluir
  14. Concordo com você. Esse tal jeitinho brasileiro estragou totalmente a estrutura do país. Brasileiro é um bichinho preguiçoso e que acha que tudo na vida é fácil (nem todos, claro, há muitas pessoas trabalhadoras). E isso tem um histórico muito grande. Aff, detesto esse jeitinho brasileiro.Outra coisa, o brasileiro não tem orgulho de ser brasileiro, fica valorizando os outros países (tipo os EUA, Japão...) invés de ajudar a nação a crescer...Se continuar assim, não sei o que vai ser...
    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  15. querendo ou não, não podemos mudar os outros, só a nós mesmos. podemos fazer a nossa parte, dando o bom exemplo para mudar a sociedade, e tentar influenciar os outros a fazer o mesmo.

    thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Concordo plenamente com você. Prefiro conseguir o que eu quero com meu esforço e honestidade. Corrupção já tem demais no Brasil.
    Adorei o texto.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  17. O Brasil seria perfeito se não tivesse corrupção

    Oi, aqui é Juliana do Portifolio das Letras, mas criei um novo blog e quero que confira: http://mustachesandcats.blogspot.com.br/

    Tomara que goste :)

    @littlepistols

    ResponderExcluir
  18. Tenho que concordar, o Brasil é mal visto pelos estrangeiros e pela própria população, dizem que o brasileiro quer ter uma vida fácil, mas o verdadeiro brasileiro não tem e os políticos são poucos que se salvam, o Brasil já começou sendo uma grande trapaça desde Portugal e continua sendo
    beijos

    ResponderExcluir
  19. Gostei do post, mas não sei se concordo totalmente ou não. O "jeitinho brasileiro" é isso mesmo que você falou, e quem acha uma carteira na rua e não devolve é tão corrupto quanto o político do senado, porém, não acredito que esses que ficariam com a carteira sejam a maioria, então temos todo direito sim de falar mal dos políticos e cobrar resultados. Pena que ninguém cobra, aliás, ficam só no "podia ser melhor" mas não fazem nada.

    Ah, te adicionei no Filmow, Skoob e no Twitter (sinto que preciso ver mais filmes pra me considerar cinéfila haha), beijos!

    Vickawaii - http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
  20. Olá ,gostei bastante do seu texto, é a mais pura verdade, infelizmente as pessoas estão cada vez mais generalizando, falando de políticos ladrões e se esquecem de olhar pro próprio nariz, isso com certeza não temos que nos orgulhar, corrupção rola solta no País =PP

    ResponderExcluir
  21. Jéssica - Strawberry de livros e filmes

    ResponderExcluir
  22. Ótima reflexão, Jenny.

    Aprendi muito cedo que o que não é meu certamente tem um dono. Quantas vezes vi vendedores e cobradores de ônibus se surpreendendo ao receber de volta o dinheiro que me deram a mais? É uma questão de caráter e integridade. Acho triste essa conversa de "jeitinho brasileiro". Isso é feio! É sinônimo de roubo, de falcatrua, de engano. Pena nosso país ter essa fama...

    De fato, tudo que somos aprendemos de alguém, da nossa liderança, das autoridades. E é por esse mesmo motivo que sempre devolvo o que não é meu ou vou à procura do dono; aprendi com meus pais e com a palavra de Deus.

    Integridade, isso é o que está faltando.

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  23. Me vejo obrigada a concordar contigo, Jeniffer.
    Sou gaúcha e, antes de tudo, tenho amor ao meu estado (minha pátria, como costumo dizer a um amigo fluminense que fica louco comigo) e não posso dizer o mesmo do Brasil. Eu penso assim: se todos os estados tivessem uma população que os ama do jeito que o gaúcho ama o Rio Grande do Sul, então o Brasil não teria os problemas que tem hoje com saúde, educação, alimentação... Enfim, eu tô fugindo do assunto do teu post. '-'

    Acho difícil sair por aí condenando os políticos porque, na minha opinião, todos eles já roubaram algo, mas não dá pra negar que o Lula tirou o Brasil de uma situação difícil, o colocou nos eixos e ainda conseguiu até dar uma diminuída na grande diferença entre as classes sociais. Não estou tentando defende-lo nem nada, mas é impossível não reconhecer que ele foi um bom político ao mesmo tempo que tenho certeza que nem que tenha sido uma pirulito ele tirou da população por debaixo do pano.
    Porém, as pessoas gostam de julgar, e é aí que reside o problema. Quer dizer, pode xingar a vontade, já que político é tudo igual mesmo... Poxa vida, será que ele não percebem que muitas vezes estão tão errados quanto, talvez mais?!

    Gislaine,
    atualizado, comenta?
    Jeito Inédito

    ResponderExcluir
  24. E nem só isso: é ladrão, é ladrão roubado, é palhaço, sem educação e com problemas pra se lembrar das coisas. Infelizmente, "brasileiro malandro" é isso e, cara, por que isso não acaba logo?

    ResponderExcluir
  25. Pois é, eu concordo infelizmente. Discutimos muito essa questão com meus amigos e também me enoja em todos os aspectos. O vou dar uma acelerada porque aqui não tem radar, por exemplo.

    Só tem um jeito de passar a sentir orgulho, não de ser brasileiro, mas de nós mesmos: é mudar a nossa própria situação.
    E eu tenho orgulho de ter princípios como os seus.

    Perfeita não sou, claro que também erro e cometo atos falhos (nesse sentido de auto-benefício). Pelo menos procuro visualizar minhas faltas e evitar cometê-las.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Eu não tenho orgulho de ter nascido aqui. Tenho pensado muito nesse assunto durante essas semanas que passo vendo as propagandas eleitorais. Não consigo olhar para um candidato e pensar: "esse merece confiança". Todos eles passam a mesma imagem de que querem ainda mais dinheiro. E o pior de tudo é a população que muitas vezes vende seu voto, sujam as ruas com panfletos. É um absurdo.
    É raro ver alguém escrever um post tão completo e verdadeiro como você. Parabéns.

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo