28 julho 2012

Dor de cabeça e pequenos incômodos


Essa dor de cabeça já é frequente agora. Todos os dias, todas as manhãs em que me vejo acordada e sem entusiasmo nenhum para levantar, ela está lá, com a dor latejando em minha cabeça, incomodando até meus pensamentos, desconcentrando-me em simples afazeres diários.
Se eu fumasse com certeza fumaria todos os dias, quase todas as horas para aliviar a tensão. E se fosse de ingerir bebida alcoólica estaria todo final de semana em algum bar, mergulhando entre lamúrios sobre a vida e copos de vodca. 
Por que eu sou assim. Numa hora posso estar feliz e agradecendo pela minha vida e em outra passando horas refletindo sobre o que pode e o que não pode acontecer e aumentando um pouco mais da tristeza que carrego sobre minhas frustrações. Se eu estivesse escolhido isso, feito aquilo ou não feito isto eu poderia estar melhor, eu poderia estar vivendo outros momentos com certeza melhores do que esse. Mas são decisões passadas, é como chorar pelo leite derramado todos os dias em que paro para pensar nisso, e eu sei, é cansativo e o fato d'eu não parar de escrever sobre, se torna incômodo.
Mas hoje eu não quero falar de superações, de dias melhores, faz um tempo que não escrevo sobre amor com um ponto de vista alegre e positivo, por que eu não consigo ser falsa com meus sentimentos e não consigo ser falsa nas minhas palavras. 
Sabe do que preciso?! Uma boa saída de casa, encontrar algumas pessoas amadas e conversar, me divertir com algumas presenças e esquecer do futuro incerto que me deixa paranoica. Por que se entregar a drogas ilícitas deve ser fácil, você ingere tais produtos e por algum tempo esquece completamente dos problemas. Considero tão covarde quem se entrega ao álcool e drogas para 'fugir da realidade'... Difícil é enfrentar essa realidade chata e que consideramos injusta e seguir em frente fazendo o melhor possível.
Mas não vou começar a citar que devemos seguir em frente, superar dificuldades e blá blá blá. Disso eu já sei. Não quero saber de seguir em frente agora, não tô com disposição pra isso. 
Acho que só quero que essa dor de cabeça passe.

42 comentários:

  1. Adorei o texto. Dor de cabeça é um saco, as vezes a vida é um saco também, mas tudo isso passa um dia! Só precisa ter um pouco de paciência.

    ResponderExcluir
  2. A dor de cabeça irá passar quando o teu comportamento atual mudar... Beijo

    ResponderExcluir
  3. Eu adoror seus textos. Me sinto descrita neles.
    Seria mais fácil se entregar a drogas e álcool para esquecer os problemas, ainda mais quando eles te deixam paranóica, assim como eu fico sempre.
    Pode ser que funcione para outras pessoas, mais com certeza não para mim, eu prefiro me ver perdida em pensamentos, do que beber, por exemplo. Pensar de mais me deixa com dor de cabeça, resultado, nem remédio cura.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Concordo com voce. Também acho um pouco covarde quem foge da realidade por meios lícitos ou ilícitos, se iludindo com palavras bonitinhas, drogas, álcool, que só atrasam uma mudança, uma superação.

    ResponderExcluir
  5. Eu nao gosto de viver a base de perspectivas positivas. Acho importante viver cada momento da vida, seja bom ou ruim... Quando estou triste gosto de assmiliar esse sentimento, viver a tristeza. Acho que só assim posso crescer um pouco com isso.

    E o mais importante é enfrentar tudo de CARA LIMPA, como vc mesma disse.

    Um abraço,

    ResponderExcluir
  6. Eu estou me sentindo meio assim também, ultimamente. Mas no lugar da dor de cabeça, tem a preguiça até de viver - o que afetou o meu blog também, por exemplo. Mas isso passa. Já experimentou usar uma bolsa de água quente na cabeça? Me ajuda bastante quando a minha dói.
    Beijos!

    qualquerlink.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Também sou assim. Uma hora estou toda feliz, de boa, e outra estou pensando em como as coisas poderiam estar melhores se eu tivesse ido nesse ou naquele caminho...
    E é realmente difícil enfrentar a realidade que consideramos injusta e seguir em frente normalmente.
    Ótimo texto.
    http://menina-do-sol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Muito bom o texto.
    As mesmas sensações são sentidas por mim tb, sofro de depressão a muito tempo e sei o quanto essa reviravolta de estar feliz num momento e no outro querer sumir do mapa.
    Novo post no blog, passa lá!
    manuscritodecabeceira.blogspot.com
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Concordo plenamente com você nessa frase "Por que se entregar a drogas ilícitas deve ser fácil, você ingere tais produtos e por algum tempo esquece completamente dos problemas. Considero tão covarde quem se entrega ao álcool e drogas para 'fugir da realidade" Também acho muita covardia!
    Beijos
    segredos-deumapoeta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. É muito chato quando isso acontece. Ás vezes me sinto assim também, sem disposição, mas uma hora isso passa.
    ótimo seu texto. Beijos <3

    ResponderExcluir
  11. acho que em momentos assim a gente tem que tentar fazer algo que goste muito, por esquece da dor e vive o prazer...
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Adorei o texto, Jeniffer.
    É, isso sempre acontece. Falta de vontade, sabe? Falta empolgação até para fingir sentimentos alheios. Mas uma hora passa. Tudo passa.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  13. Oi Jenn! Amei o texto, ele descreve como sinto algumas vezes. Na verdade, acho que muita gente se sente assim.
    Beijos!
    http://thebooksthief.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Ei Jeniffer!

    É isso aí! Quem nunca pensou "Mas e se...?", né? Eu mesma já fiz isso diversas vezes, e é verdade que existem coisas das quais me arrependo, e que eu voltaria atrás se pudesse. Mas o fato é que infelizmente não dá.
    E aí o jeito é mesmo seguir em frente e esperar a dor de cabeça passar. Se Deus quiser que seja, será. E Ele sabe o que faz com nossas vidas, confio Nele.
    Excelente texto ;)

    Bjoos'
    Lets

    ResponderExcluir
  15. É angustiante. E pior que não tenho ninguém pra me ajudar a acabar com essa angustia. Só meus pais. Que aliás, não são "só".

    Beijos!
    Pós Florescer.

    ResponderExcluir
  16. Oh, uma hora isso passa, e realmente se entregar ao alcool ou coisa assim é tipico de gente que quer se desfazer da realidade e não consegue. No fundo encarar os fatos é o primeiro passo para superá-los.
    Adorei o texto.
    bjus ;*

    ResponderExcluir
  17. Oi, Jenny.

    Amei a crônica - ou é realidade mesmo? Você escreve muito bem, sabia? Se for real, desejo que esses momentos sejam construtivos, pois uma das melhores coisas que podemos fazer na vida é aprender. ;)

    Beijocas,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  18. oi querida,
    Ansiedade é f*da! Nos deixa com dor de cabeça e sem ver graça em nada. O bom é que ela passa :S
    ótimo texto.
    boa semana
    ;*

    dudsparrow.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Parece que fui eu que escrevi esse texto, ando nessa dor de cabeça ultimamente chata e rotineira. Mas creio que a solução pra ela foi dada, sair, se divertir, conversar, enfim, viver.

    iasmincruz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Nana pior do que paranoia, frustração, mágoas e dor de cabeça junto. É terrível ter que aceitar as coisas como são e viver com a ideia de que não sabemos o que estar por vir.
    Adorei o texto. Me fez refletir sobre algumas coisas.
    Beijos
    http://bloguinhodaspatricinhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Ótimo texto
    Nem me fala em dor de cabeça.. tenho umas horríveis ultimamente
    E cheiro de cigarro até contribui para isso (meu irmão fuma) HAHA minha droga preferida é chocolate mesmo!

    beijos e um bom domingo!
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  22. "Mas hoje eu não quero falar de superações, de dias melhores, faz um tempo que não escrevo sobre amor com um ponto de vista alegre e positivo, por que eu não consigo ser falsa com meus sentimentos e não consigo ser falsa nas minhas palavras. "

    Por muitas e muitas vezes me senti assim, sei exatamente como é. Adorei seu texto!
    Isabela

    ResponderExcluir
  23. Oi flor!
    Dor de cabeça é a pior coisa que tem! Mas o melhor é esparecer e fazer algo prazeroso! Se a dor persistir é melhor consultar um médico.

    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Sim, o melhor quando se está nessas situações é abstrair. O que é do futuro estará lá, se preocupe em viver o presente. Uma hora você aprenderá a domar os contratempos e transformá-los em válvula para a luta pelos seus sonhos. É longa essa jornada e árdua, mas se você acredita em si, tudo se alinhará rumo ao que almeja. Drogas são totalmente dispensáveis.

    Beijo, Jenni!

    ResponderExcluir
  25. Acredito que como alguns comentaram, que enfrentar as situações e a realidade entendiante é o primeira coisa para poder mudar e seguir em frente. Me identifiquei muito com o seu texto, por diversas vezes, acontecem certas coisas, que faz com que a gente fique entendiado e cansado. Mas nada como um dia após o outro, canções, livros e um olhar diferente sobre as coisas. Acho que se entregar as drogas e alcool uma covardia e não é uma resposta para tudo. Volte sempre flor, lindo texto *_* Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Amei o texto e pra mim ele tem um tom de realidade...se estiver certa, sei exatamente como é passar períodos infindáveis com dores de cabeça que tiram o sossego e piora a situação quando o coração está "doído", melhoras para a dor de cabeça e que esse momento possa ser de aprendizado e força pra continuar!

    ResponderExcluir
  27. Esse final do teu texto ficou perfeito! E sim, vocÊ escreve bem demais! Se tiver tumblr, avisa por favor?
    Amei o designer do seu blog, só pra constar.

    http://shake-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Belo texto! Parabéns ,gostei bastante.E concordo com você plenamente que o difícil é seguir em frente na realidade,e quem realmente faz isso é que é uma pessoa guerreira,pois se fosse assim todos se entregariam ao álcool e as drogas,nós temos que "tentar" e "superar" nossas dificuldades,é o primeiro passo.

    strawberrydelivrosefilmes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  29. Oi!
    Tipo, esse texto é muito minha cara! Eu me identifiquei bastante com ele e concordo com suas palavras.
    Adorei o texto! *-*
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  30. Também odeio essas dorzinhas que ficam martelando. Tenho muito. Me impedem de relaxar, encomodam. Muito boa, adorei amor :*

    http://vitaminadepimenta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Ameei o texto, e tem dias em que a gente realmente nem tá afim do papo de "seguir em frente", mas quer mesmo é passar pela dor! Muuito bem escrito! \Õ/

    Beeijos amore, e obrigaada pelo comentário lá no meu blog!
    www.blogmymemories.com

    ResponderExcluir
  32. Adorei seu texto...usar drogas não adianta de anda, ela dão uma falsa sensação de alívio. Pena que muitas pessoas não pensem como nós e sigam por esse caminho tempestuoso.
    Beijinhos!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  33. Sabe, seu post descreveu exatamente meus sentimentos em uma fase da minha vida no início do ano passado. É difícil dizer que o tempo é o melhor remédio de todos, principalmente para alguém ansioso como eu, mas no fim, é ele quem nos faz esquecer de alguns obstáculos para conseguirmos enxergar a vida em outro ângulo (um ângulo não-pessimista).
    Engraçado que ontem eu li seu post e logo depois fui assistir o filme "Being Flynn", que conta a história de um aspirante a escritor. E durante o enredo fiquei lembrando de alguns parágrafos do seu texto. Um dos personagens principais acaba encontrando nas drogas e na bebida alcoólica, uma forma de fugir dos seus problemas e da realidade.
    Aliás, ontem até comentei no Twitter que era dia de desabafos no mundo blogueiro, não sei porque, mas a maioria dos blogs que visitei fizeram posts mais pessoais como o seu.

    Espero que essa dor de cabeça passe e que você encontre um novo motivo para sonhar e se inspirar! Beijo!

    ResponderExcluir
  34. A vida é uma eterna dor de cabeça. Às vezes calha do analgésico funcionar.

    ResponderExcluir
  35. Hey, flor.
    Odeio momentos assim. É uma coisa que todo ser humano tem, em algum momento da vida... porque, lá no fundo, estamos sempre insatisfeitos com alguma coisa, tentando melhorar.
    Mas eu espero, do fundo do coração, que passar por esse momento difícil te sirva de aprendizado para alguma coisa... E que você possa tirar algo bom dessas dores de cabeça inconvenientes...
    Beijão!

    http://penny-lane-blog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. adorei o seu texto, acho que todo mundo já sentiu ou sente assim, um dia esta bem e depois vira do avesso, muitas pessoas vão para os caminhos das drogas, bebidas para esquecer, ou se detrair mas esse nunca vai ser o melhor caminho nê o jeito e esperar que essa dor de cabeça passe porque ainda vai vim dias muitos melhores ♥
    bjinhos
    Conversando com a lua

    ResponderExcluir
  37. hey!
    Gostei do texto, principalmente das duas últimas frases.
    Passei por uma situação péssima e basicamente o que eu escutava era 'segue em frente, uma hora passa e etc', como se tivesse outra alternativa a não ser seguir em frente.
    beijo,
    wan

    ResponderExcluir
  38. Oie Jeniffer =)

    Acho que todo mundo tem essas fases meio darks ... é complicado lidar com uma tristeza existente que muitas vezes vc não sabe de onde vêm ...

    Mas uma hora isso passa e tudo melhora.

    bjus;***
    anereis.
    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  39. Jeniffer adorei o texto, adorei o final, ficou bem original :* beeijinhos

    deborah-alana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  40. Essa dor de cabeça é algo causado por esse vida que a maioria dos blogueiros levam. Tem horas que fico assim, com desânimo para tudo e não quero fazer nada, nem ler um livro.

    Mas um dos melhores remédios para isso é sim a diversão, seja ela com a família ou com amigos. Momentos que você só faz ri, ajuda bastante nas inspirações e na criatividade. ;)

    Beijos Jeniffer

    ResponderExcluir
  41. Texto mais do que incrível, sem palavras para descrever o quanto gostei dele, por que sim! Tem dias que estamos mesmo de pernas para o ar, apenas querendo um tempo para ficarmos tristes e refletindo e mesmo sabendo que tudo passa, que amanhã tem sol de novo, precisamos desses dias, porque sem esses dias, não faremos decisões importantes e nem questionaríamos nosso modo de viver. Amei seu texto Jen.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  42. Muiiiito bom seu texto, parabéns pelas palavras.
    Coragem e fé, na hora certa tudo melhora viu!!!
    Torço por vc!!!

    p.s. também ando com uma dor de cabeça bem chata, mas no meu caso e por forçar muiiiiito a visão =/

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo