17 março 2012

Fracassos e decepções


Não estou bem, eu sei. Mas já tentei de quase tudo para essa tristeza sair daqui de dentro. Não adianta.
Me sinto vulnerável ás minhas decepções. Digo que segui em frente, mas começo a duvidar disso. Começo a duvidar da minha espontaneidade, da minha 'frieza', do meu conforto em passar dias e dias sozinha.
Por que eu não estou bem não é?! Me sinto uma inútil, sem perspectivas boas. Tive dias em que acordar e levantar da cama foi um sacrifício; isso por que nada acontece. 
Não são feridas feitas por outras pessoas, não são decepções amorosas nem desentendimentos familiares que me fazem assim, são minhas próprias decepções, meus próprios passos que não me levam a lugar algum que me fazem estar assim, para baixo, bem abaixo. Até chego a me sentir fútil por transparecer um certo conforto e canalizar minha atenção em livros ou hobbies, mas no fundo, bem lá no fundo, me sinto uma perdedora. Talvez por minha própria causa, mas de vez em quando ainda acho que o destino não foi muito favorável comigo. É como se a vida tivesse me dado um arrastão me fazendo cair no chão e estivesse me mobilizando ali, sem deixar eu me levantar, e em toda minha tentativa de me erguer, eu fracasso. Por quê disso eu não sei, dizem que pode ser a tal maré de azar, outros podem dizer que é falta de atitude da minha parte; mas não consigo me mexer, não consigo sair do lugar onde estou. 
Um lugar onde pareço estar imersa em meus fracassos pessoais e que todo fio de esperança para algo mudar se esvai junto com a promessa de dias melhores. 
Perceba, não é um texto sobre decepções alheias, se trata de um texto sobre decepções pessoais, bem pessoais, sem explicações para tais.

"So for once in my life 
Let me get what I want 
Lord knows, it would be the first time 
Lord knows, it would be the first time 
 Então, pela primeira vez na minha vida 
Deixe-me ter o que eu quero 
Senhor sabe, que seria a primeira vez 
Senhor sabe, que seria a primeira vez" ♫
Please, please, please,let me get what I want - The Smiths

***

Estava eu atualizando a página do blog, quando visualizei um texto de 2009 e nele estava essa frase: "Escrevo para me libertar das tais feridas que ainda estão em mim." - Então, depois de me negar a escrever sobre textos tristes e meio depreciativos, eu escrevi esse aí. Não estou no fundo do poço, normalmente faço drama demais com o que acontece(ou não) comigo, então não se preocupem, não entrarei em depressão. rs Mas precisava expressar o que se passa aqui dentro, afinal, eu criei esse blog para isso, para quando ninguém me entender ou quiser me ouvir, eu vir aqui e escrever, mesmo ninguém lendo, só para desabafar.
E aqui em baixo, mais uma novidade no blog *____* Espero que gostem!

80 comentários:

  1. Sabe nem sei o que escrever direito, pois na maioria das vezes eu me sinto assim também, decepcionada comigo mesma, uma tristeza que sabe lá de onde vem, pensamentos torturantes que resolvem aparecer nas horas menos propícias, mas eu não me sinto assim o tempo todo e sei que sou muito (muito mesmo) dramática com as coisas que 'acontecem (ou não) comigo'. Não sei se voce já leu o livro Quem é voce, Alasca? de John Green mas o personagem principal diz que 'esta em Busca do Grande Talvez', e eu sempre me pego pensando que é isso que eu to fazendo quando as coisas não saem do jeito que eu planejei.
    Me identifiquei bastante com o seu texto, muito bem escrito.

    -----
    Parabéns pela parceria.

    Beijos
    sobremimemeumundo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei muito do texto... e achei trite na medida certa, não têm como escrever um texto "triste", se que ele fique D+ depreciativo...
    Gostei principalmente, dos trechos de músicas no final... adoro THE SMITHS'
    Muito BOM! :DD

    Ah, têm DICA de filme lá no blog! (;

    http://cinco-datarde.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. é muito complicado comentar sobre algo tão pessoal de uma pessoa.Só desejo que vc veja as coisas com mais positividade, e tenha sempre paciência.
    Tudo vai se ajeitar.
    Beijos

    Viviane

    http://vivianeblood.blogspot.com.br/2012/03/se-ligue-novidades-das-editoras.html#comment-form

    ResponderExcluir
  4. Que bom que você exagera nos textos porque assim eu posso dizer que achei o texto maravilhoso, você escreve muito bem e todo mundo um dia se sente assim...
    http://primeirapessoa-dosingular.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Faz bem desabafar :)

    Eu me sinto da mesma forma as vezes, e nem sempre, tem uma explicação. Quando isso acontece, procuro algo pra ocupar minha cabeça, e melhora :)

    Melhoras pra você :D

    ;**

    http://qualquerlink.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. amei o texto, sabe as vezes eu me sinto assim também e como se tudo que fizéssemos não fosse o bom o bastante, mas temos que repensar se o que estamos fazendo e para o nosso bem ou de terceiros pois isso pode mudar tudo
    ah parabéns pela parceria
    beijos
    lolamantovani.tk

    ResponderExcluir
  7. Seguindo aqui é mt lindo ^^

    http://diariodananiih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Flor tem uma tag pra você lá no blog
    http://desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br/2012/03/tag-do-blog-talento-feminino.html

    ResponderExcluir
  9. Triste, mas lindoo! Adorei o texto. Eu tbm gosto de fazer drama sem estar triste. Tenho várias poesias nesse estilo. kk
    Beijos!
    http://palomaviricio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Eu li este texto e não sei bem como comentar algo que parece tirado da minha mente.
    Depois desta vou ouvir "Please, please, please,let me get what I want"
    Cliquei no "ótimo". Informo porque acho que o blogger não diz quem clicou.
    Até mais.

    ResponderExcluir
  11. AAh,acho tão bom poder contar com o blog para expor nossos sentimentos e pensamentos! Acho lindo pessoas que ainda valorizam seus blogs para postarem textos tão pessoais quanto esse que tu colocou aqui. Ameeeei!

    Beeijos amore
    http://blogmymemories.tk

    ResponderExcluir
  12. Muito legal o seu post. É assim que a gente consegue se sentir um pouco melhor, libertando nossos sentimentos.
    Gostei bastante e a música dos Smiths ficou linda ali no final!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  13. Jeniffer gostei do texto se expressou bem :) gosto de saber de você através dele e espero que fique bem :) beijinhos amiga e votei em você para destaque, está ganhando :* beijinhos e um final de semana cheio de inspirações para você

    ResponderExcluir
  14. A puxa vinda também sou dramática quando escrevo, ex: Não tenho namorado nem tô apaixonada, mas escrevo esses textos melosos como se eu tivesse sofrendo por alguém kkk Ah mais entendi seu texto e achei ele lindo, acho tão lindo o jeito que você escreve certo ^^ E tem dias que me sinto sem objetivos, como se eu não fosse nada ou não serei nada, é mais ou menos isso. Mas felizmente passa! Bjão

    meninasapeca.tk

    ResponderExcluir
  15. Sabe, tu não é a única a se sentir assim. Eu tava falando outro dia com um amigo meu e começamos a divagar mais ou menos pelas mesmas razões. Insatisfação sem razão aparente. O que queremos afinal? Acabei até escrevendo um texto (que não foi publicado e acho que nem será) que é meio que um resumo do que debatemos. Quase concluímos, afinal, que o jeito é terminar a faculdade e depois seguir como Geraldo Viramundo.

    ResponderExcluir
  16. Sou nova por aqui e fico meio sem jeito de lhe escrever ... Mas diversas vezes me sinto do jeito em que você citou no texto e sinceramente eu sempre aprendo com as minhas frustrações , fracassos e decepções... por mais que demore sabe mas a gente sempre aprende cedo ou tarde . Acho legal essa transparência no texto (:
    beijos
    http://rascunhosperdiidos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Força e fé! A vida tem momentos como esses e quem sabe não é aprendizagem e novas rotas. No mais, continuar nadando.

    Beijos.

    Lu

    http://lucianasantarita.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. As vezes me sinto assim, mas bem as vezes, mas coloco a culpa no meu lado dramartúgico, sou muito dramático, e as vezes forjo sentimentos como esses !!! :/ :D

    http://acessopermitidoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Sei bem como é isso, se sentir inútil, como se todos fossem excelentes em alguma coisa e apenas nós fôssemos apenas medianos. Mas não vai ser sempre assim, eu acredito que Deus tem um momento especial para todos, para fazer você se erguer e vencer, se destacar e alcançar seus objetivos sem fracasso.

    ResponderExcluir
  20. Seu texto está lindo. Guria, tu escreves muito bem. Dá pra sentir no texto o que está sendo expresso por você. Adorei a ideia da música dos The Smiths no meio; adoro eles. Ás vezes também sinto que estou "no fundo poço", mas quando tudo acaba, percebo que fiz muito drama e não estava bem "no fundo do poço". Somos muito parecidas. Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Sempre me sinto assim, sabe, eu sou uma colecionadora de fracassos, magoas, decepções

    @littlepistols
    http://portifoliodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oie querida!
    Vi sua nova parceria, me encantei por um livro, que na verdade agora quero muito ler, na verdade qualquer livro da Jane austen!
    Ah como você conseguia se tornar parceira, pagou alguma coisa?
    Deus abençoe
    beijão
    asoonhadora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Eu tenho me sentido assim ): Queria saber o porque D:
    Boooom, já te elogiei mil vezes no face >< e seu blog é, de longe, um dos meus favoritos hihi ><

    Ps: sua foto do perfil do blogger ta LINDA!

    ResponderExcluir
  24. Ola,
    Creio que o primeiro passo para vencer esse problema é externa-lo conforme fez na postagem. Em seguida, reconhecer que muitas vezes o problema está em nós e não nos outros, coisa que você mesma mencionou no texto sem qualquer tom depreciativo, pois todos nós temos as nossas limitações e os nossos problemas.

    Portanto creio que uma prática interessante seria meditar e tentar buscar dentro do próprio "eu" muitas respostas para as diversas perguntas que estão lhe incomodando atualmente. Geralmente, como em um "insight", você mesma começa a obter algumas dessas respostas e começa automaticamente a ter mais confiança para sair dessa situação.

    Que Deus te ilumine e boa sorte.

    Abraços Flávio
    --> Blog Telinha Critica <--

    ResponderExcluir
  25. Amei seu texto, você escreve muito bem mesmo. É normal se sentir assim certas vezes, mas o mais importante é que sabemos e temos apoio o suficiente para lidar com tudo isso. Melhoras, minha amiga. Beijo :]
    Fernanda Zucolotto.
    http://www.meianoiteequinze.tk

    ResponderExcluir
  26. adorei seu blog e claro as dicas, seguindo.
    passa la no meu blog e segui tambem se possível kkk
    http://imagineparavida.blogspot.com.br/
    bjus

    ResponderExcluir
  27. Depois fica tudo bem, fracassos são ruins, decepções também e essa tristeza dentro da gente vai embora uma hora,vai ficar tudo bem Je.

    ResponderExcluir
  28. Oi, adorei o blog, já estou te seguindo, se puder me segue também:

    http://pimentaavermelha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. Oie ^^

    Eu sempre gostei muito de escrever, embora hoje não tenha mais tanto tempo para isso =(

    Adorei o texto!

    bjus e uma ótima semana!

    anereis.

    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  30. Desabafar as vezes é bom, muito bom, liberta os males.
    Amei o texto, já disse que você escreve muito bem e que seus textos sempre me encantam? :)
    http://www.senhoritaliberdade.com/

    ResponderExcluir
  31. Esse último mês eu tenho estado assim como você nesse texto, cansada por desilusões pessoais. Por mais que eu tente pensar em coisas positivas, a tristeza insiste em pegar e fazer de mim uma dependente de qualquer fuga.
    "Escrevo para me libertar das tais feridas que ainda estão em mim." Essa frase é muito real, Jennifer!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  32. Jeniffer foi uma loucura mesmo refazer meu tcc, ainda bem que já está tudo nos eixos agora, beijinhos e obriagada :)

    ResponderExcluir
  33. Quando eu li seu texto me lembrei dessa epoca do ano passado, que eu sentia exatamente a mesma coisa. Nao sei porque passou e nem como. Mas passa, nao passa?

    Ps: blog novo, segui aqui

    ResponderExcluir
  34. São essa decepções que muitas vezes nos impedem de acreditar mais uma vez, de ir mais longe que antes, de viver uma nova realidade..
    Me identifiquei, abraços.

    ResponderExcluir
  35. Belo texto. Para colocar os sentimentos em ordem, é necessário desabafar e você fez isso de uma forma linda.

    Beijo,
    Gaby
    http://pitadadecultura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  36. Ah, não se preocupe querida, nós amamos a sua maneira de "fazer drama demais". Aliás, cá entre nós, eu também sou super dramática, rsrs! ;D
    Continue desabafando e nos contando tudinho! :) Beijos, beijos.

    http://deargirlsupdated.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. Eu poderia dizer que me sinto como você, mas li o que tinha em baixo, e notei que você ainda tem esperança, mesmo sem conseguir vê-la. Claro, eu tenho esperança, mas essa vem em forma de comprimido pra mim. Fico feliz de saber que você ainda está relativamente bem, fiquei preocupada. Podes pensar que eu nem te conheço, mas sigo teu blog a tempos, e sempre me identifico. Fica bem., Beijo

    ResponderExcluir
  38. Ja me emocionei na primeira frase >< Adorei o texto, e o blog é lindissimo. Beijos.

    ResponderExcluir
  39. Eu estava me sentindo assim, há pouco tempo atrás. Me sentia triste e sem motivação. Uma decepção comigo mesma, sabe? E não conseguia me livrar disso. Mas, se serve de consolo, acho que isso é normal. Espero que isso passe, tanto comigo quanto com você. Parabéns pela parceria! Você merece :)
    beijos,
    the-mandie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. Me sinto assim também. Tento me convencer de que não, de que eu estou bem e que minha vida está seguindo adiante, mas não está. Nada é real. Não é algo que os outros fizeram, não é algo circunstancial, é algo meu e apenas meu. Já cheguei à conclusão de que eu sou o problema. E está tudo bem. O que posso fazer é tentar melhorar e é isso o que faço. Superar todos os dias e tentar não olhar para trás, tentar ver algo à frente. Mas é tudo tão certo e incerto ao mesmo tempo. O futuro me parece muito nublado para que eu possa ter algo de bom nele.
    Também tenho a tendência a dramatizar as coisas e torná-las maiores do que são. Mas será que não são tão grandes ou será que nós achamos que não merecemos tão atenção especial a nossos próprios devaneios e decepções? Não sei. Mas sei que pude me identificar muito com você em suas palavras.
    Bjo.

    http://miasodre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  41. Amei o texto,o meu blog muitas vezes é o meu refugio onde esqueço tudo o que há de ruim.

    Beijos

    blogdagi1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  42. OLHA eu aqui de novo, toda lindinha, fofuxa e maravilhosa!
    Tô pensando em fazer umas coisas novas no meu blog, acho que vc vai gostar da ideia, e vou pedir suas opiniões ~~
    beeijos

    ResponderExcluir
  43. Primeiramente, parabéns pela parceria com a Martin Claret, desejo um enorme sucesso a vc, o blog e a editora!

    Quanto ao texto, não sei nem o que dizer, acho incrivel o modo como vc escreve Jeniffer, retratando seus próprios sentimentos, eu particularmente acho que nos ajuda a se sentir um pouco melhor, quando escreve meus contos originais, a maioria é assim, mostrando meus sentimentos e vai me ajudando a amenizar um pouco a dor.

    Oh, vou estar na torcida para que ambas conseguirmos ter nossos texto no livro *-*. Eu também mandei um conto, acho que ficou legal, pedi para meu marido revisar e ficou bem interessante, eu até queria mandar mais um texto para o concurso, mas minha inspiração esta um pouco abalado sabe, rsrs. Bem Jeniffer, vou ficando por aqui, pois já deve estar enorme o comentário, espero que tenha um bom final de domingo!

    Bjs

    daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  44. Ai minha querida, assim eu sei que tu ta vivendo um momento difícil e sim é um momento mesmo :/ acredite se quiser!
    As vezes a gente se sente assim, mas essa é a hora de tu rever bem o que te faz te sentir assim o porque tu te acha inutil e mudar isso.
    Eu sinceramente me sinto uma perdedora e escondo bem também, não faço o que eu realmente gosto de faculdade e tento sempre fingir que faço o que sempre sonhei que estou plenamente realizada. O que da pra fazer? da pra fazer o meu melhor e me formar ganhar dinheiro para que eu possa fazer o que eu realmente queira.
    Tu não acha que é mais ou menos isso? porque tu simplesmente não te levanta e da uma volta em ti mesma e faz com que tudo mude? as vezes a gente não pode ter tudo que quer, mas a gente pode lutar para conseguir né?!
    Melhoras pra você minha flor e espero ver um post mais feliz!
    beijinhos

    www.modasdacarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  45. Muito bacana o texto :)
    Acho bacana o espaço para se expressar, mesmo que não estejamos mal. Eu por exemplo adoro fazer textos que expressem tristeza ou melancolia, só que em grande parte delas não estou sentindo isso. Crio um personagem com as mesmas vontades que eu, só que vivendo um outro momento.


    Participe do sorteio de 1 ano de TC:
    http://tecido-doce.blogspot.com/2012/03/comemoracao-em-dose-dupla-sorteio.html

    ResponderExcluir
  46. Não sabia que você gostava de arquitetura. Que bacana! Fico feliz por ter gostado do post! Tô louca para ver o próximo do seu blog! Beijos!

    ResponderExcluir
  47. Simplesmente amei o texto, ele é triste e maravilhosamente lindo ao mesmo tempo, parabéns. E eu adorei o trechinho da musica do The Smiths.
    Bjs

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  48. Todo mundo tem os seus dias ruins, mas o que mais importa é a principal lição que tiramos dele: tudo passa, inclusive a tristeza.

    Votei em ti no blog da Iasmin. (:


    Beijos

    ResponderExcluir
  49. Hey
    Mudou algo aqui, não?

    Sou de fazer drama com meus problemas também, mas que mulher não é? HAHA
    Houve uma época que eu anotava essas coisas mas, sabe melhor nem remexer.. acho que me incomodo mais com coisas que me fizeram pagar mico HAHAHA

    beijos e bom final de domingo
    NANA - OBSESSION VALLEY

    ResponderExcluir
  50. Nossa essa frase "Escrevo para me libertar das tais feridas que ainda estão em mim.", tem muito a vê comigo :/
    Tem post novo lá no blog, beijos.
    http://fasesdegarota.blogspot.com.br/2012/03/coisas-do-fim-de-semana.html

    ResponderExcluir
  51. Oi querida... primeiro quero agradecer por sua visita e comentário. Foram lindas palavras. Eu estava num momento bem triste mesmo. A saudade maltrata mesmo, né? Desejo que volte sempre lá no Umas e outras... ;)

    Sobre seu post. Lidar com situações desse tipo nem sempre é fácil. Aliás, na maioria das vezes é de fato muito difícil, principalmente pq no momento as coisas se apresentam ao nosso ver bem maiores do que de fato são. Tem uma frase clichê, mas que cabe muito bem aqui, o tempo é o melhor remédio. MAs, é fato, só quem passa pela situação sabe de verdade o que está sentindo, então, só podemos desejar que tudo termine bem, no final!

    bjks :)

    ResponderExcluir
  52. Desejo muita sorte na Promo lá do blog!^^
    Beijos!
    http://palomaviricio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  53. uau! 54 comentários! não sei como você vai fazer pra responder todos!

    Olha, eu passo por essas coisas o tempo todo. e o pior é ver todos ao seu redor crescendo e você ficando para trás. mas, um dia a gente se ergue. Altos e baixos.

    ResponderExcluir
  54. O blog é um espaço seu, nada mais normal do que vc desabafar de vez em quando. Lê e comenta quem quer, eu penso assim. E flor, acredite, ninguém é feliz o tempo todo. Passamos por altos e baixos durante a vida e são justamente os "baixos" que nos fazem amadurecer e aprender, nos preparar para a próxima etapa.

    Sofra o que tiver que sofrer, todos nós merecemos um momento só nosso de vez em quando, nem que tenhamos que chamá-lo de depressão. O importante é vc saber a hora de levantar, espantar a poeira e tentar consertar o que está errado ;)

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  55. Nossa, esse post foi bem tocante
    E é sempre bom descarregar o que andamos sentindo, faz bem

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  56. Saiba que é normal sentir-se assim. Atualmente todo mundo quer mostrar-se feliz, rico e fino, mas ninguém conta as suas amarras e tristezas, mas saiba, elas existem para todos!
    Por isso não se sinta estranha com esses sentimentos. Se eu pudesse te dar uma receita seria: Terapia e acadêmia essas duas coisas me ajudaram muito em um passado não tão distante.
    Bjus
    Uma ótima semana para vc!

    ResponderExcluir
  57. Já passei por isso, mas me recuperei. Ás vezes estamos no fundo do poço, ou andando sem sair do lugar a única coisa que conseguimos fazer é refletir e se lamentar mas temos que aprender a sorrir sabendo que essa fase passa.. (=
    Acho que ainda vai demorar pra essa fase voltar a acontecer em mim, haha!
    Beijos e amei o post!
    rascunho-errado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  58. Jeni boa semana para você, hoje como é feriado aqui, direto no blog :D hehe, beijinhos amiga

    ResponderExcluir
  59. Sabe Jeniffer, eu me sinto exatamente como você agora, mas acho que num grau mais elevado, sabe eu me esforcei tanto, fiz uma faculdade , um curso técnico e sempre tirei notas pra passar, nunca dependi de ninguém, mas mesmo assim não consegui ainda conquistar meu espaço, minha estabilidade, minhas coisas, e nem exerço minha profissão, isso tudo me desanima, parece que as vezes o mundo não tem nenhum espaço pra mim sabe? e me afundo.. me escolho.. me escondo.. e quando vejo o mundo todo ta fazendo alguma coisa, menos eu, e me sinto pior ainda.. mas flor, eu acho 18 anos uma idade bem jovem eu acho que vc só esta começando, minha avo sempre me diz q meus 24 anos ainda são de juventude e que eu ainda tenho muito o que viver então vamos tentar ate o fim, mesmo que nada resulte no fim, ao menos podemos dizer que passamos a vida tentando!

    e espero que vc encontre a sua realização pessoal logo, de verdade! ^^

    Bjinhus e uma ótima semana!
    http://akemi-takarai.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  60. Acho que sei como se sente. Sou muito exigente comigo mesma, extremamente auto critica e frustração é um dos sentimentos que mais me tiram do sério, enfim, pRa mim o fracasso soa letal. Mas o jeito é lutar!

    ResponderExcluir
  61. Sei como é se sentir assim, me sinto assim o tempo todo.
    Achei muito profundo o que colocou no blog, adorei.
    A vida é cheia de altos e baixos, basta que vc saiba "pegar" a onda certa ^^
    Passa lá no blog? Resenha do livro A Última Música.
    manuscritodecabeceira.blogspot.com
    Bjs.

    ResponderExcluir
  62. Esse é um bom texto, estou admirada. Acho que é pior nos decepcionarmos com os outros do que com nós mesmo, mas sei que decepcionar a si mesmo é realmente doloroso ://

    Espero que tudo fique bem pra você.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  63. Acho que todos, vez ou outra, se sentem assim. Somos humanos, afinal. decepções continuarão vindo, por mais que lutemos contra elas...

    Hey, tem um meme para você lá no blog. Se quiser, passa lá:
    http://vicioempaginas.blogspot.com.br/2012/03/tag-11-coisas-sobre-mim.html

    Beijos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  64. é triste, mas adorei!

    maria-bunita.blogspot.com
    dá uma passadinha lá, vou adorar sua visita!

    bjos

    ResponderExcluir
  65. É muito complicado sentir o que você está sentindo. Eu digo isso, porque estou na mesma situação que você.
    Seu texto ficou muito bom, gostei bastante. Você leva jeito pra isso! k
    Beijos.

    Tem post novo! ;3
    http://onzehorasdanoite.blogspot.com
    http://prooximaparada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  66. Sei bem como é estar assim, saibas que é super normal, e acontece com todas nós. Beijão, www.spiderwebs.tk

    ResponderExcluir
  67. Amei o seu texto. Me identifiquei muito. To passando por coisas dificeis agora também, e sinto essa tristeza que voce descreveu aí.

    Beijo
    http://semquerermeintrometer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  68. Nossa,amei o texto ^^
    Fracasso,eu poderia dizer que eu graças a Deus nao tenho no meu blog,comecei dia 07 desse mes e já estou com 52 seguidores,tô amando ^^
    Se quiser seguir,fique a vontade :

    atualizadasbr.tk

    ResponderExcluir
  69. Flor, quanto tempo! andei sumida até do CR ><

    Mas adoorei o texto, vc escreve super bem como já deve tá cansada de ouvir isso..rssss

    seu blog está cada vez mais lindo

    beijos


    Taa L.

    www.cerejarocks.com

    ResponderExcluir
  70. oi querida,
    adorei o texto, e me identifiquei pois ja passei muito por isso. O jeito é tentar aprender com os erros e tirar proveito disto tudo. Porque isto também vai passar.
    Fique bem ^^
    boa semana
    ;*

    ResponderExcluir
  71. As vezes é bom desabafar nossos dramas pessoais, mesmo sem que ngm de sua opinião. Escrever é uma ótima forma de botar pra fora mesmo sendo exagero nosso, agnte alivia o coração. Gostei do texto. As vezes me sinto assim :/


    Beijos,Mari Leal!

    http://futuraindependente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  72. é sempre bom desabafar as vezes e que bom que não ta em depressão né isos não é legal D:

    http://himi-tsu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  73. Obrigada por comentar lá no things looks. Amei aqui e post e o conteudo, amei o design, beijos, tô seguindo!

    thingslooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  74. LINDO!!! *Aplaude de pé*
    É sempre bom desabafar neh, eu as vezes preciso, mas sou péssima colocando sentimentos em palavras kkkkk
    Olha, eu indiquei você para participar de um meme: http://sozinhacomoslivros.blogspot.com.br/2012/03/meme-conheca-o-blogueiro.html
    Feliz Dia do Blogueiro

    Bruh

    ResponderExcluir
  75. Decepção é a coisa mais amarga que se pode ter, mas também é a coisa que mais te ensina a enfrentar o que vem a frente.

    ResponderExcluir
  76. Esse texto = tudo que eu estou sentindo no momento.
    Muito bem escrito!!

    Gabi

    ResponderExcluir
  77. Como eu te compreendo... não é depressão, não é. Apenas parece que mesmo dando um passo na nossa vida, parece que nunca saimos do sitio e nada acontece. O sentimento de fracasso vem, e deixamos de querer dar passos porque nunca nos levam a lado nenhum.
    Beijos

    http://alwayspoisonlove.blogspot.com

    ResponderExcluir
  78. Oi, tudo bom?
    Passando para deixar um comentário rsrs
    Foi triste , mas eu amei .
    Falou tudo !
    Beijos*-*
    Território das garotas
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo