22 junho 2011

Ei moça.


Moça,não olhe para trás. Ele já não se importa mais,nem você mesma se importa mais. Pare de fingir estar apaixonada,você não está,você só queria estar.
Moça olhe para o que está na sua frente: Os livros que deixou de lado,os amigos que se afastou,os filmes que ainda não viu; eles estão te esperando. Tudo que você ama ainda está no mesmo lugar,as coisas que verdadeiramente importam ainda estão aqui, só esperando você voltar dessa sua inércia temporária.
Isso mesmo moça,volte a viver,volte a pensar em si mesma,não pare para olhar para trás,não vai mudar nada. Retome seus ideais, vá em busca daquilo que sempre desejou, conserve aquelas pessoas importantes que te fazem sorrir todos os dias, volte a falar com aquelas que deixou de lado.  Pegue o livro da cabeceira e comece a lê-lo, tire do armário aquela roupa que tinha deixado de usar, volte a escrever sobre as coisas mais simples que não tinha dado mais atenção, volte a viver com você.
Moça,que bom que está sorrindo novamente.


"Pois estragar a propria vida é um direito inalienável" - O fabuloso destino de Amélie Poulain.


P.S: Voltei com um post meio fofo,meio bobo,hm,gostaram? Minha inspiração foi o filme que vi na semana passada: O fabuloso destino de Amélie Poulain, que simplesmente é lindo e que se tornou um dos meus favoritos *-* Recomendo assistirem.
Férias chegando,mas infelizmente para mim não,continuo estudando para o vestibular e só vou ter alguns dias de folga,me desejem bons estudos o/
E ah,obrigada pelos novos seguidores e pelos elogios que recebo aqui,simplesmente amo saber que existem pessoas que lêem o que escrevo e que gostam,e que se identificam com meus textos *.*

16 junho 2011

À menina dos olhos meigos...



...por quem tive a sorte de ter em minha vida. Vida na qual eu quero que ela nunca mais saia... E  desejos mais profundos do meu coração que me faz a desejar tanto.
E buscar em tudo você! Te ter,te ganhar a cada palavra, a cada gesto, a atitude. Coisa de louco,como posso falar coisas,desejar algo que nem ao menos fiz parte ainda,que nem ao menos puder ter, que nem ao menos pude me mostrar o meu 'eu'.
Não sei explicar, mais posso afirmar que vem do fundo do meu coração. E nele eu confio, por ele dou minha vida e me entrego por quem ele pulsar.. bater.. gritar...
Sem duvidar, sem me  perguntar se é certo ou se eu devo. Apenas aceitando e rezando para que ele não se engane e que ele seja  correspondido. Para que um dia ele se torne um "todo" e deixe  de ser apenas  essa  metade. 
E então e só então serei feliz serei completo.

P.S: Como deu pra perceber,esse não é um texto de minha autoria,rs. Mas uma vez trago um texto feito por um amigo meu,dessa vez foi o @paulodiniz22 que escreveu esse texto tão fofo *-* Espero que gostem. 
Ahh se eu demorar a responder os comentários feitos aqui no blog,perdoem-me,estou tendo que estudar e muito para o vestibular ;) Até mais.

03 junho 2011

Viver e viver bem.


Não se trata de mais ninguém além de mim mesma,e toda essa inconstância que me assombra, que me persegue e me empurra para um mundo diferente do que eu estava acostumada. Mudo a cada instante,a cada pensamento,a cada atitude impulsiva e a cada novo sentimento;e não sei se isso é totalmente bom;toda essa necessidade de mudar pode me trazer aquele arrependimento de querer voltar atrás,de querer ser o que era antes,sentimento esse que já tenho em alguns momentos. Algumas responsabilidades se misturam com alguns desejos,e a confusão vêm á tona não deixando um caminho claro para seguir. Mas os pensamentos positivos ficam por aqui,não sei se muito tempo,mas estão aqui,dizendo que tudo vai dar certo,que só preciso ser eu mesma,sem medo de expressar-me,de dizer o que sinto,o que penso,e de fazer o que quero. Vou concordando com o que acho certo; os dramas e o melancolismo me deixaram um pouco de lado, estão me libertando e fazendo com que fique um pouco mais feliz e menos iludida. Valorizando pequenas coisas que fazem a maior diferença,vou seguindo meu caminho,seja ele qual for,eu só realmente quero fazer o que gosto,poder amar,poder ser feliz,sem mais nem menos,apenas viver,e viver bem.
Se "olhe no espelho" e sinta-se bem com o que vê antes de qualquer coisa. Não é nada simples,nem tudo é bom,e a vida não é nada fácil,como todos sabem,mas estamos aqui,não pedimos para nascer,e precisamos sobreviver.E eu escolho sobreviver bem.




P.S: Não é um post melancólico,não é sobre amor,não é sobre dramas,complicações,nem histórias mal resolvidas,finalmente escrevi um texto mais 'pra cima',rs.

01 junho 2011

Mais um.


Foi tudo bom.......No começo.
Eu realmente pensei ter encontrado o cara que iria me fazer libertar da minha armadura solitária e fazer com que eu repensasse nos meus sentimentos. Eu me apaixonei pela ideia de te ter,e fazer parte da sua vida,e você ser parte da minha;pensei  que seria tudo diferente,e acreditei que iria dar tudo certo.Eu experimentei novas sensações e situações.Mas a realidade veio a tona;ela sempre vêm. Seu 'estado errado' de ser,suas atitudes me fizeram despertar do tal 'sonho'.E seu passado ainda te assombra,ainda te atormenta,e fez com que se afastasse de mim; que na verdade,nunca se aproximou. No final foi tudo muito rápido: o começo,meio e o fim.Pensei que era especial,diferente; mas no final só foi mais um.






P.S: Mais um post melancólico e meio que triste eu sei,me perdoem,rs.
Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo