30 março 2011

Nostalgia sobre rotinas passadas.


Os dias sem os velhos amigos são tão estranhos hoje,depois de mais de 3 anos juntos... O prédio,os professores,a rotina do colegial e a bagunça dos veteranos me fazem suspirar lembrando dos tempos em que era plenamente feliz e meio que acomodada com a vida.
Não sou boa com mudanças,mas como todo ser humano,consigo adaptar-me e sobreviver.Mesmo assim,,as novas experiências,as novas pessoas,os novos caminhos e conversas me assustam de uma certa maneira,e me fazem ter saudades do passado,da rotina de anos,dos amigos de sempre...É inevitável não pensar no passado,mas por outro lado o presente também é bom e o futuro,por mais assustador e incerto que seja,é melhor ainda.

P.S: Hey I'm Back. É,voltei,e agora é definitivo. Mesmo assim minha rotina de internet não irá ser a mesma,pois tenho estudos e compromissos,mas todo horário disponível,eu venho aqui.
Obrigado á todos que me acompanham sempre,mesmo quando estou ausente,e aos novos e velhos seguidores que fazem desse blog,não apenas um blog,mas um mundo "particular" e mágico *.*

12 março 2011

Amor platônico


Ela não sabia o que pensar,muito menos ele.
Os dois estavam ali,tão pertos,mas ao mesmo tempo tão longe um do outro. Ele a olhava, e ela quando percebia algo em sua direção olhava de volta,mas ele já virara o rosto,e ela voltava á sua posição inicial,se condenando por estar imaginando coisas.
Ela realmente não queria pensar naquele garoto que via todos os dias,e que tinha a impressão que a olhava algumas vezes;é claro que ele não estava olhando para ela,concerteza era mais uma paranóia da sua cabeça.
Ele sempre a olhava disfarçadamente,não queria deixar óbvio seu interesse,e não tinha coragem para ir até aquela garota que tão o interessou,logo quando a viu,então a admirirava quando a via distraída.
E os dois começaram á amar um ao outro,sem ao menos saber disso,sem ao menos conversarem ou se tocarem....

Definitivamente estavam vivendo um amor platônico juvenil.

P.S: Uma  breve historinha fofa.rs
Ah obrigado á todos,todos os que comentam,visitam e que fazem esse blog crescer cada dia mais.Obrigado aos 375 seguidores \o/

07 março 2011

E o tal ser diferente...



Sou diferente, e ás vezes essa diferença me incomoda.
Não me visto igual às outras garotas, definitivamente não ouço nem danço tecnobrega ou funk, e muito menos ‘pego geral’ numa festa. Gosto de ler e escrever e minha vida social se resume a horas na frente de um computador ou lendo livros e vendo filmes. A música que ouço a maioria das pessoas nem sabem que existe,e quando ouvem,abominam. Isso me faz solitária algumas vezes, quase ninguém consegue me compreender, e isso meu amigo, ás vezes dói. Não ser lembrada nas datas comemorativas ou nas saídas do grupo de amigos.
Mas analisando bem a situação,não quero ser lembrada como a ‘Jeniffer pegadora’,nem como a ‘Jeniffer festeira’,muito menos como a ‘Jeniffer gostosa’. Não quero ser mais uma na multidão, não vou ser lembrada por atitudes fúteis ou vulgares.
Será que isso me faz ser ‘anormal’? Pois se faz, ser ‘normal’ não é comigo

P.S: Estou com muitas saudades de ir nos blogs que em acompanham,espero voltar logo.
Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo