26 outubro 2010

Uma mente brilhante


"O que é mesmo lógica?
Quem decide o que é racional?
...
É somente nas misteriosas equações do amor
que alguma lógica real pode ser econtrada"

Eu sempre acabo tirando uma lição de vida dos filmes que vejo,e acabo me envolvendo também no enredo e me identificando com os personagens.E fazendo analogias,tiro algumas dúvidas,descubro sentimentos,reflito sobre as mensagens que querem transmitir no enredo do filme.Pode parecer estranho,por que é estranho eu me influenciar tanto assim com coisas que vejo,ouço ou leio;mas existem 'detalhes da vida' que fazem tanta diferença...

P.S: O filme é Uma mente brilhante,ele é sobre a história real de John Nash,um grande matemático que lutou contra a esquizofrenia sem ajuda de remédios.Ele teve grandes conquistas,e de acordo com o filme,toda sua superação se deve ao amor por sua mulher Alicia.
Ah o post anterior,infelizmente,não foi dedicado á nenhum moço bonito,rs.

22 outubro 2010

Moço bonito


Moço bonito,não se esconda nessa sua armadura de ferro,ela simplesmente não lhe cai bem,por mais que engane os outros.
Eu sei que está ferido,mas não há nada de errado em demonstrar sentimentos e ser gentil,por mais que essas atitudes hoje não sejam mais levadas á sério.Eu sei,é difícil se entregar ao coração,ele ás vezes nos traz armadilhas,não pense que já não caí em uma delas,mas seja sensato,sua frieza e seu sarcasmo também não te levarão á nada,ou se levarão,levarão á solidão.
Moço bonito,venha até á mim,conte-me sobre o seu dia,poderemos compartilhar nossas experiências e até fraquezas,não há nada de errado em amar.

P.S:Obrigado á todos os elogios que recebi em meu post da tentativa de narração,rs O carinho e apoio de vocês é algo sem preço! *-*

18 outubro 2010

Eu mudei,e não foi por você.


- Ei,precisamos conversar. Ele a chamou de longe.
- Não,não precisamos. Ela tentou fugir,mas ele a segurou pelo braço.
- Você mudou tanto! Isso por acaso têm á ver com o que vivemos? Ele perguntou.
- Não,é claro que não.Por que essa pergunta agora? Sem graça e meio sem jeito ela indagou.
- Ah,sabe como é,tivemos uma história juntos,significou alguma coisa pra você concerteza,como significou pra mim - Ele a encarou com seus olhos semi-cerrados,a cara indagando a reação da menina.
- É claro que significou, eu caí em uma cilada,não segui minha intuição que dizia para não me envolver com você e me ferrei.É,me ferrei,por que você não passa de um idiota,falso e mentiroso.O que tivemos significou sim,foi um dos meus maiores erros,e só serviu pra uma coisa - Com a face avermelhada e as mãos tremendo pelo nervosismo,o encarou,esperando sua pergunta.
- Então? Não vai me dizer pra quê te serviu?
- Serviu pra minha mudança,você foi o soco na cara que eu precisava pra despertar da ilusão que tava tendo,você foi a cilada que eu caí,o erro que cometi para aprender á crescer e colocar os pés no chão. Fora isso,você só faz parte de lembranças que quero esquecer - Ela estava firme de si,mas seu nervosismo estava evidente em sua face.
- Se isso fosse verdade eu não te afetaria tanto quanto estou te afetando,suas mãos ainda tremem quando estão perto de mim,e você ainda fica nervosa quando me vê. Ele sempre conseguia a deixar de mãos atadas!
- Mesmo que isso seja verdade,o que não é,hoje eu sei quem você é,sei quem você é debaixo de toda essa capa de moço bondoso.Eu mudei,e até você que nunca foi de perceber meus detalhes,percebeu.Então,já conversamos o que tínhamos que conversar,isso é tudo que precisava falar.

Ela saiu andando daquele lugar,assustada com sua tranquilidade.Naquela hora,ela soube que ele não a afetava mais,e que os vestígios do que viveram já não a atormentam mais,por que ela mudou,e não foi por ele,ela mudou por que precisava mudar.

P.S: História real-fictícia,rs Só tentei nesse post fazer um texto com discurso direto,uma coisa que não faço muito,não sei se ficou bom,por que não sou boa na narração,mas espero que entendam.

12 outubro 2010

Dream a little dream of me.


Nos momentos mais improváveis ou tediosos,acabo devaneando em meus sonhos,e idealizo e planejo vários deles;com isso pego a fama de garota sonhadora,sonhadora até demais.
Mas ouço e vejo várias pessoas,em vários lugares,dizendo para não desistirmos de nossos sonhos,e isso deve ter algum fundamento verdadeiro.
Então,
sonhe o seu mais lindo sonho,
eternize ele em seus pensamentos,
sonhe um pequeno sonho comigo,
não há nada de errado em sonhar o mais lindo sonho,
e não há nada de errado em demonstrar que é um sonhador,
um eterno sonhador...
Estrelas brilhando acima de você
As brisas da noite parecem sussurrar "Eu te amo"
Pássaros cantando no plátano
Sonhe um pequeno sonho comigo

Diga boa noite e beije-me
Apenas abrace-me apertado e diga que sentirá minha falta
Enquanto eu estou só e triste
Sonhe um pequeno sonho comigo
 
Doces sonhos até os raios de sol te encontrar
Doces sonhos que deixam todas as preocupações para trás
Mas em seus sonhos, quaisquer que eles sejam,
Sonhe um pequeno sonho comigo..."
Dream a little dream of me - The Mamas and The Papas

P.S: Inspiração em Glee.

09 outubro 2010

Não tô afim.


Sou uma romântica desde quando me entendo por gente,amo conto de fadas,filmes de comédia romântica,best-seller's como Crepúsculo,e até ouço de vez em quando Taylor Swift. Mas hoje não é hora para viver um romance,confessamos que viver um romance hoje em dia é coisa rara de se ter,viver ou ver.O amor se tornou algo banal,como dizer eu te amo,como se fosse bom dia.
É comum você vê ratos ou super-ratos,mas é difícil ver algum 'príncipe',escondido de baixo da capa de um homem comum do século XXI,e não é que eu tenha medo de me entregar á um sentimento forte,é que não acho que seja a hora certa,por que quando for,eu irei saber, não? E também não estou desacretidando no amor.
Então é isso,nada de romaces por enquanto,nada de dramas pessoais,arrependimentos,idéias para colocar em prática... Preciso ter foco,nas outras coisas que também são importantes para mim,e concerteza devem ser para vocês que me lêem,como família,estudos,etc.
Então está decidido,que os romances fiquem nos livros que leio,nos filmes que vejo,nos sonhos que tenho e nada mais.







P.S: Será mesmo que isso pode durar?

05 outubro 2010

Mãe!Quero ser artista!

Não adianta negar.
Sou péssima nos cálculos,odeio matemática e física,e amo literatura e arte da história.
Está aqui,dentro de mim,correndo pelas minhas veias,a arte prevalece,de todas as formas possíveis,até num simples texto tentanto expressar meus sentimentos.
E em toda a minha vida tive pistas dessa descoberta,só não dei muita atenção.Até hoje,até finalmente admitir que sou boa nisso,na arte de escrever,de pintar,desenhar,esculpir,decorar;na arte de me expressar.
E é isso,não quero ser engenheira,nem médica,nem advogada,quero ser artista!


P.S: O texto têm á ver com minha vontade de expressar arte por aí,não que eu venha á seguir carreira na Arte,por mais que seja lindo trabalhar com arte *-*
Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo