06 agosto 2009

A tal da Eterna Competição....

O mundo sempre viveu em eterna competição! A sociedade desde os tempos de antigamente, havia a tal competição, seja por alimentos, seja por territórios, ou até por fêmeas e machos...
Mas falando dos dias de hoje, a competição se vê em nosso dia-a-dia, em cada ato seu ou de outra pessoa, sempre vai haver alguém tentando ser melhor do que o outro em algum aspecto da vida. Desde criança vemos a competição das melhores roupas, dos melhores penteados, das melhores bonecas, dos melhores calçados, em concursos de festas juninas, de chefes de turmas, ou em nossa própria casa, há a competição para ver quem vai terminar as tarefas primeiro, quem agrada mais aos pais, etc.
Quem decide não competir por algo, correr atrás daquilo que deseja, que realmente quer ou precisa, acaba ficando para trás, sendo pisoteado pela multidão de competidores à sua frente. Nossa vida, nosso futuro é uma eterna competição. Teremos que competir sempre para superar obstáculos, fases de nossa vida, como uma prova no vestibular, uma promoção no trabalho, até em uma simples apresentação de um trabalho em sala de aula, para ganhar uma nota boa.
Essa eterna competição nos incentiva para fazermos o melhor de nós, procurarmos sermos melhor a cada dia, claro se for competidores honestos, que jogam limpo em relação aos seus adversários. Pois o verdadeiro competidor que conseqüentemente será um vencedor será aquele que jogará limpo, sem pisar na cabeça de ninguém, nem jogar sujo, trapaceando ou mentindo. A verdadeira competição é a competição limpa de ambas as partes, uma luta limpa, onde o melhor ganhará.
Claro que nem tudo é bom, essa eterna competição acaba se tornando cansativa para todos nós, a competição por algo realmente importante até que vale á pena, mas a competição por coisas fúteis, que quase sempre a sociedade insiste em fazer valer à pena, dessa não me interessa. Como ter uma roupa melhor do que o outro, competir por um fica ou para mostrar que tem a casa mais bonita do que a outra... Isso é total futilidade! Sem noção nenhuma, existem pessoas que dão valor á isso! E ainda menosprezam aqueles que não dão valor.
Será que o que importa é competir mesmo?! Nem tudo precisa ser uma competição, todos teremos nossos melhores momentos, melhores dias, melhores qualidades e talentos. Cada um com o seu talento, dom ou qualidade, diferentes um dos outros, cada um tem o seu espaço, sua hora de brilhar, pena que existem pessoas que dão valor nessa tal eterna competição, e os que não dão, a maioria acaba quebrando a cara lá na frente. Temos que ser realistas e aprender a competir, de um jeito ou de outro chegará a hora de competir por algo ou alguma coisa.
Mas ainda sou daquela opinião que um talento ou um esforço de uma pessoa, vale mais á pena do que uma medalha de ouro, ou um prêmio, seja ele qual for, nem sempre esse tal reconhecimento é justo, pois sempre haverá mais de uma pessoa se esforçando para ter o seu reconhecimento, que também merecia sua medalha de ouro. E quando digo competição, adversários e reconhecimentos, falo não só de adversários físicos, ou reconhecimento no trabalho ou na escola, falo também dos adversários em nossa vida, como nossos medos, nossas dúvidas, a competição contra alguma coisa que nos faz mal, o reconhecimento de você ser de boa índole ou fazer algo singelo para com seu próximo.
Nessa tal eterna competição, tento sobreviver e me esforçar ao máximo para não ser pisoteado pelos meus adversários, sejam eles quais foram.

Pauta Para - Blorkutando

6 comentários:

  1. Muito bom,Jeniffer. Sempre tentamos não sermos pisoteadas nesse mundo louco e selvagem,né!
    Parabéns!!
    beijosss

    ResponderExcluir
  2. resumindo,sempre averá competição,mais a pior competiçao é a da comida e água espero q esse mundo vei mude um dia!

    ResponderExcluir
  3. a vida é, sim, uma eterna competição. quando a gente é pequena, disputa com as amigas quem tem a melhor barbie, ou, no caso dos meninos, o melhor max steel (acho que é assim que se escreve). a gente cresce e os motivos das competições são outros: melhores notas, melhores trabalhos escolares... na vida adulta já é a melhor vaga, quem leva a promoção primeiro... e assim vai.
    disputa incansável até o fim.

    adorei seu post!

    beeijos. :*

    ResponderExcluir
  4. O que vale é competir, já ganhar são outros quinhentos. bjbj

    ResponderExcluir
  5. O nosso maior inimigo? Nós mesmos. A partir do momento em que você vencer seus medos, suas limitações... poatz... Vai tranquila, porque por mais que seja, difíceis seus outros "inimigos", você já venceu o pior!

    A nossa "batalha" se inicia a partir do momento em que saimos de nossas mães. A vida é uma constante sobrevivência.

    ;*

    ResponderExcluir
  6. Quando ao seu último comentário...

    Olha, sei que é difíci ouvir isso, ainda mais quando se gosta muito da pessoa, mas, se ele não te valoriza, tente outra pessoa. Porque pessoas como nós, que se apegam fácil em relacionamentos merecem pessoas como nós também, sinceras e lais.

    Ah quem diga que os opostos se atraem, mas o meu oposto seria uma menina totalmente seca, e que nao leva as coisas muito à sério. Em vista disso, acho que é melhor achar uma pessoa que seja um pouco mais atenciosa.! =P

    Beijochecha!

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo