16 julho 2009

I remember...

Lembro de quando tinha 3 ou 4 anos,quando minha vó,que não é só minha vó,mas praticamente minha mãe; viajou para o Rio de Janeiro, para resolver algunas problemas de seu ex-marido já falecido.Era pequena, e não me lembro exatamente como ela viajou,se despediu-se de mim ou não, só sei que passei dias de alta depressão, na casa da minha mãe biológica, só olhando para a foto de minha vó, e chorando rios de lágrimas pela falta que ela fazia.Pode até ser meio bobo, pois só foram 2 meses longe, mas parece que foram 2 eternos anos sem ela por perto.

Explicando melhor, não tenho muita intimidade com minha famíla biológica, tanto que tenho uma família "de criação" em que sou mais apegada.Logo a saída de minha vó,foi como estar em outro mundo,pois não estava acostumada a viver com minha mãe.

Naqueles dias foram dias de desespero de uma criança que só queria estar com a sua verdadeira mãe!Passaram muitos pensamentos ruins em minha cabeça, pensei que ela poderia ter ido embora ,ou ter até morrido!Não comia nem bebia nada...Só ficava olhando a foto dela e chorando muito pela falta que ela fazia...Gritava o nome dela várias vezes pra ver se ela me atendia...Á toda hora orava á Deus pra trazer ela de volta...E escrevendo esse post, ainda choro de lembrar em todos esses dias que passei longe de minha vó...Naqueles dias nada me importava, não comia, não brincava nem ria pra ninguém, pois só o que importava era a volta da minha vó pra casa... Só o que importava era ver ela de novo e poder abraçar ela, e não largar mais dela...Só conseguia beber água por causa da preocupação das pessoas ao meu redor que viam a minha depressão em frente aquela situação...Parecia que iria morrer só a base de água e muito choro...Foram eternos 2 meses longe dela...E hoje não consigo me imaginar longe da minha verdadeira família!Longe da minha vó...

Hoje está tudo indo bem...Não fico longe dela por muito tempo, e quando fico sempre ligo pra saber como ela está...rsrs
Tudo isso so faz parte de uma lembrança não muito boa que posto hoje aqui, com lágrimas em meus olhos...

Pauta para - Blorkutando

9 comentários:

  1. Também sou muito apegada a minha avó e posso imaginar essa saudade...

    Obrigada pelo comentário no meu blog!

    beiijo ;*

    ResponderExcluir
  2. As saudades conseguem-nos fazer muito mal, principalmente quando é de pessoas assim tão próximas...

    Gostei do texto *.*

    bj =*

    ResponderExcluir
  3. Que texto maravilhosooo! Saudades, mas sempre voltam e a saudades passam não é?
    bjbj
    J.

    ResponderExcluir
  4. eu era super apegada ao meu avô,quando ele morreu eu não entendi muita coisa,porque eu tinha uns 5 anos.Mas a partir que eu fui entendendo mais sobre morte,a dor da falta dele foi aumentando cada vez mais em mim.
    Saudade,é uma das coisas que mais dói na gente,e as vezes precisamos dela pra saber o quanto alguem é especial pra nós !

    ResponderExcluir
  5. Sempre temos alguma pessoa de nossa família à quem nos apegamos mais!

    Tenho exemplos muito preciosos em minha família de homens e mulheres de sucesso! Procuro sempre espelhar-me nos bons exemplos. Não para percorrer um caminho antes percorrido e, sim para percorrê-lo de uma melhor maneira. Fazendo assim enfluenciarei outras pessoas a fazerem o mesmo e serem melhores do que eu sou ou ainda posso ser.

    Boom finalzinho de semana pra você! ;*

    ResponderExcluir
  6. que lindo *-* mas familia não é só biológica mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca fui muito próxima de nenhum dos meus avós. Acho que na verdade eu nunca fui muito próximas das pessoas no geral. Não sei se vem da criação ou da pessoa mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Muito legal...eu sou chegada na minha vó postiça!

    bjos .}

    ResponderExcluir
  9. Oieeeeee!

    Novidade: um Casaco da adidas branco! Lindoo!!
    E ainda Mp10 de 8gb, cachecol, blusas e muito mais!

    E ta rolando um sorteio de brinco + cachecol!

    Passa lá para conferir:

    http://brechojuci.blogspot.com/

    Beijos
    Ju e Cí

    ResponderExcluir

Opine,reclame,exclame,comente.Mas uma dica: palavras sinceras são sempre bem-vindas.

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger| Personalizado por: Jeniffer Yara | Imagens do Header: Pinterest | Ícones de gadgets/categorias: Freepik | Uso pessoal • voltar ao topo